Segundo MCom, 16 capitais brasileiras já podem operar o 5G em julho. Entenda
Internet 5G

Qual é o cronograma para chegada do 5G em outras capitais brasileiras? Veja

Cronograma para chegada da tecnologia em outras capitais é previsto no edital 5G

1 Minutos de Leitura

No dia 6 de julho Brasília iniciou a implementação do 5G na capital. Mas, qual é o cronograma para a chegada do 5G nas demais capitais brasileiras?

O uso do 5G com sua potencialidade máxima ocorre a partir da liberação para uso na faixa de 3,5 GHz. De acordo com o cronograma definido no edital 5G, a partir do dia 29 de agosto será feita a liberação nas capitais dos estados.

Mas isso pode ocorrer de forma antecipada, assim como foi em Brasília. Segundo as informações divulgadas pela Anatel ao Programadores Brasil, o uso antecipado pode ser liberado caso sejam atendidas as condições necessárias.

5G
Todas as capitais brasileiras devem receber o 5G em agosto de 2022, segundo cronograma (Foto: Divulgação)

Há possibilidade de antecipação do 5G nas demais capitais brasileiras

Ou seja, o início das atividades associadas à migração das parabólicas para a banda Ku (campanha de comunicação e distribuição de kits). Além da conclusão das atividades associadas à desocupação da faixa de 3.625 MHz a 3.700 MHz e à mitigação de interferências na faixa de 3.700 MHz a 4.200 MHz.

“É possível que haja a antecipação de outros municípios, no entanto não há como precisar uma data. Adicionalmente, importa mencionar que o Edital prevê a possibilidade de postergação da liberação por decisão do Conselho Diretor da Anatel, desde que sejam constatadas dificuldades técnicas no atendimento das mencionadas condições necessárias por parte da EAF (Siga Antenado)”, ressaltou a agência.

O cronograma ainda prevê as seguintes datas para liberação do 5G em todo o Brasil:

  • 1º de janeiro de 2023: nos municípios brasileiros com população igual ou superior a 500 mil habitantes;
  • 30 de junho de 2023: nos municípios brasileiros com população igual ou superior a 200 mil habitantes e em pelo menos 25% dos municípios brasileiros com população de até 30 mil habitantes;
  • 30 de junho de 2024: nos municípios brasileiros com população igual ou superior a 100 mil habitantes e em pelo menos 50% dos municípios brasileiros com população de até 30 mil habitantes;
  • 30 de junho de 2025: em pelo menos 75% dos municípios brasileiros com população de até 30 mil habitantes;
  • 1º de janeiro de 2026: nos demais municípios.

Gostou da matéria? Compartilhe com os amigos para que mais pessoas possam ter acesso a esse conteúdo!


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Sobre o Autor(a)
Jornalista e redatora, com experiência em SEO e Webwriting. Extremamente curiosa, gosto de explorar diferentes assuntos e vivenciar novas experiências. Nascida na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro e apaixonada por escrita, literatura e por boas histórias.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias