síndrome do impostor
Resenha de Programador

[Resenha] Síndrome do impostor: somos todos impostores

Um medo de muitos programadores é não ser tão bom assim, mas mesmo pessoas com anos de experiência se sentem impostores

2 Minutos de Leitura

Não tem para onde fugir, do estagiário ao programador com anos de experiência todos nós já vivenciamos a famosa síndrome do impostor, quando não nos sentimos bom o suficiente para o nosso trabalho, que a qualquer momento alguém vai descobrir isso e estaremos no olho da rua. Logicamente, não é possível que todos sejamos ruins, a diferença pode ser na sua habilidade de fingir saber muito.

Não espere saber tudo sobre um assunto

A origem desse sentimento generalizado é difícil de se determinar com precisão, mas uma coisa que já ouvi muito de colegas de profissão é que acham que não sabem o suficiente ou quanto deveriam, mas esse é um grande erro. Não existe a quantidade certa de saber para ser um bom profissional, seja de soluções na ponta da língua para diversos tipos de problemas e algoritmos ou então de conceitos mais teóricos.

Mais importante que saber muita coisa é ser capaz de aprender coisas novas, entender a tarefa em questão, pensar e repensar a melhor forma para resolver a tarefa e ir aos poucos evoluindo.

A primeira vez que você encontra um tipo de problema a ser solucionado, geralmente a entrega é a que você conseguir, seja ela boa ou não. Com o passar do tempo, você terá muito mais bagagem por ter estudado, lido e debatido código e qualidade de código e então, ao encontrar uma tarefa similar, você será capaz de resolver ela mais fácilmente e, com o tempo, será capaz de refazer seus códigos de pior qualidade.

Para chegar neste ponto da sua carreira, é importante evitar alguns vícios como apenas procurar respostas no Stackoverflow, por exemplo, copiar a resolução e colar no seu código, sem entender como aquilo realmente funciona.

Isso faz com que você não passe pela parte difícil do processo, que é desenvolver o processo cognitivo de resolver um problema. Isso não significa que não pode nunca procurar soluções de outras pessoas, mas tente entender como e porque algum código funciona para resolver este problema.

Mesmo pessoas com décadas de experiência também se sentem impostores

Em um projeto recente, estava trabalhando com uma pessoa com décadas de experiência na carreira, que já trabalhou como líder de projeto, como desenvolvedor, tech lead etc.

Ao comentar com ele sobre a frustração de não conseguir resolver um bug do meu código sozinho e ter que pedir sua ajuda, ele lembrou de uma expressão famosa em inglês “Fake it until you make it“, finja que você sabe fazer algo até conseguir fazer de fato, em tradução livre. Ele mesmo ainda fazia este tipo de coisa, apesar de toda sua experiência.

Isso não significa que você vai fingir trabalhar ou vai tentar fingir que sabe mais do que realmente sabe, já que nada disso vai te ajudar. A intenção dessa frase é fingir ter confiança, fazer o que estiver ao seu alcance para dar conta do trabalho do cotidiano, procurar aprender e, em algum ponto, você saberá de fato fazer aquilo com competência e conhecimento.

Saiba: nem mesmo se você estudar e trabalhar por 10 anos você saberá tudo e será capaz de resolver qualquer tarefa em segundos, mas com o tempo, você será capaz de escrever código melhor, terá como oferecer ajuda para quem está começando ou está bloqueado com algo e, eventualmente, saberá o bastante para ser considerado um desenvolvedor pleno, sênior ou qualquer que seja o seu objetivo profissional.

Este foi mais um texto da nossa série Resenha de Programador, veja outras resenhas como a importância de ler documentação para um programador e como planejar a sua carreira.


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Sobre o Autor(a)
Desenvolvedor Full-stack em construção que gosta de ler sobre novidades do mundo da tecnologia

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias