Metaverso

Polícia repreende crimes contra propriedade intelectual no metaverso. Entenda

-

Ministério da Justiça investiga roubos de dados pelas caixinhas de transmissão de conteúdo

Foi deflagrada, a quarta edição da Operação 404, que tem como foco a repressão de crimes praticados contra a propriedade intelectual na internet, como realidades virtuais. Pela primeira vez, as buscas aconteceram no metaverso.

Foram desativados quatro canais que realizavam transmissões ilegais de conteúdo e 90 vídeos tirados do ar. 

“Os criminosos anunciavam eventos pelas redes sociais e realizavam transmissões ilegais. A nossa luta contra a pirataria é constante. Estamos nos especializando cada vez mais para coibir essas práticas e identificar os novos crimes”, ressaltou o Coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas da Seopi, Alessandro Barreto. 

Pela primeira vez no Brasil é realizada uma investigação criminal no metaverso (Foto: Divulgação)

Conheça mais sobre a Operação 404

Essa edição da Operação 404 incluiu, além dos alvos de pirataria audiovisual, canais que transmitiam ilegalmente o streaming de músicas.

De acordo com o CiberLab, mais de 10,2 milhões de downloads foram realizados em plataformas que fingiam ser de artistas como Alok, Xande Aviões, Marília Mendonça e Aline Barros. Nesse sentido, 461 apps de streaming de música foram retirados do ar.

O Coordenador-Geral de Combate ao Crime Organizado da Seopi, Carlos Bock, reforça que a pirataria digital também financia organizações criminosas. “É necessário o combate constante a esse tipo de crime, que também envolve lavagem de dinheiro”, afirma. 

VEJA TAMBÉM:

O Laboratório de Operações Cibernéticas da Seopi, o CiberLab, identificou que 75% dos apps e serviços de streamings investigados capturam informações dos clientes. Pela rede do cliente é possível acessar dados dos usuários como e-mail usado, senhas e registros bancários.

Há ainda, alguns dispositivos de transmissão e conteúdo, conhecidas como “caixinhas”, que operam para roubar esses documentos. 

A Polícia Civil cumpriu, em 11 estados (AL, BA, ES, GO, MG, MT, PA, PE, RJ, RS e SP), 30 mandados de busca e apreensão, removeu 266 sites no Brasil e excluiu 15 perfis em redes sociais por atraírem consumidores para conteúdos ilegais. 

Gostou da novidade? Compartilhe com seus amigos e deixe sua opinião nos comentários!


Receba as Vagas TI e Notícias de Tecnologia em seu Celular

Siga o Programadores Brasil no Google Notícias (CLIQUE AQUI) para receber Vagas de Ti e Notícias de Tecnologia em seu Celular.

Leia também

Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.