Curiosidades

O Matuto Programador: João Gabriel já foi de prensador de sucata e hoje é head de tecnologia

Sua estreia como produtor de conteúdo no LinkedIn só aconteceu depois que publicou um texto que teve 1 milhão de views

4 Minutos de Leitura

Foi juntando a paixão por tecnologia, com dicas de cursos na área de programação e os desafios do cotidiano profissional que João Gabriel garantiu seu lugar na lista de nomes mais influentes do LinkedIn, com seu codinome “O Matuto Programador”.

Desde 2015, a rede social voltada para profissionais elege anualmente 25 perfis como LinkedIn Top Voices, e ele foi um dos escolhidos em 2020.

No entanto, o reconhecimento foi uma grande surpresa para o desenvolvedor de software. Isso porque João só usava o LinkedIn para procurar vagas de emprego e acompanhar novidades sobre o mercado de trabalho.

Mas, sua estreia como produtor de conteúdo de O Matuto Programador aconteceu depois que publicou um texto na plataforma que chegou a marca de 1,5 milhão de visualizações.

Para esclarecer, o post só aconteceu após João se sentir incomodado com um conteúdo publicado por alguém que dizia que os programadores eram pessoas privilegiadas.

Então, em resposta, o profissional desenvolveu um texto contando sua história e argumentando contrariamente à afirmação daquela outra pessoa. Ele mal imaginava que aquilo ali seria o ponto de partida para uma presença mais ativa na rede.

De lá pra cá, O Matuto Programador, como ele mesmo se apresenta por lá, começou a postar e interagir todos os dias, mesmo sendo tímido e introspectivo. O resultado? Atualmente, o número de seguidores no Linkedin já ultrapassou os 80 mil seguidores, a maioria deles profissionais de tecnologia da informação. 

+ Saiu na mídia: Diogo Alves, fundador do Programadores Brasil, é destaque de matéria na Uol

João Gabriel quer ajudar quem está começando

“Hoje meu foco é ajudar as pessoas que estão iniciando a carreira de tecnologia, contando minhas experiências de trajetória, direcionando para cursos gratuitos, dando conselhos para que essas pessoas possam crescer como eu cresci por meio da tecnologia”, contou João.

Colocado pela rede com o título de uma das vozes mais relevantes, o programador espera continuar abrindo caminhos para que outros profissionais tech sejam reconhecidos também. Além disso, um dos sonhos de João é abrir uma escola de programação para jovens periféricos e poder transformar a vida deles através da tecnologia.

“Tenho a esperança de consolidar uma escola de programação ainda neste ano, estamos construindo o projeto para que possamos executar o quanto antes e possibilitar a mudança na vida destes jovens, assim com a entrada ao mercado de trabalho”, relatou.

Depois de ter sua vida e seu destino completamente transformados pela carreira na área de tecnologia, O Matuto Programador que ver sua história repetida por aí. por isso, João participa de diversas comunidades do mundo tech hoje em dia, como a Mais1Code, onde é embaixador há mais de um ano. O projeto busca ascender socialmente jovens e adolescentes carentes no mercado tech.

“O mercado entendeu que precisa de mão de obra qualificada e tem muita gente talentosa escondida nesses locais periféricos, muitas vezes por falta de recursos”, argumentou.

Além de participar ativamente no LinkedIn, O Matuto Programador também conduz o podcast 404 no Youtube. Lá, ele conversa com outros profissionais do mundo da tecnologia.

O profissional também está presente no Instagram, no Twitter e até no TikTok. Em todas as redes sociais, João fala sobre sua profissão, as dificuldades profissionais encontradas no mercado de trabalho, sua trajetória de vida, e mostra como sua história pode servir de exemplo para outras pessoas.

João Gabriel Oliveira Silva é uma das Top Voices do LinkedIn com O Matuto Programador. (Imagem: Arquivo Pessoal)

Mas, afinal, quem é O Matuto Programador?

Natural de Uibaí, no sertão da Bahia, João Gabriel Oliveira Silva se mudou para São Paulo com a família ainda na adolescência. Morando na capital paulista, ele trabalhou em lava-rápido, vendedor de churrasquinho e prensador de sucata, onde chegou a trabalhar 14 horas por dia para garantir o sustento da família.

Mas, um conselho de um amigo fez toda a diferença para o seu futuro. O amigo trabalhava na área de tecnologia e disse que eu deveria investir nessa área. Depois disso, ele começou a pesquisar mais sobre o assunto para entender melhor e tomou a decisão de cursar Sistemas da Informação.

No entanto, como a grana era curta, ele pagou a matrícula e concluiu a faculdade pagando as mensalidades sempre com pendências. Para isso, ele tinha que conciliar seu trabalho na prensa de sucata ao longo do dia para poder estudar à noite. Então, no ano seguinte, teve que fazer um acordo com a faculdade para continuar estudando após pagar a rematrícula.

As dificuldades não pararam por aí. A faculdade de João ficava na cidade vizinha à capital, em Santo André, e não tinha dinheiro para pagar a passagem todos os dias até o seu destino final. Então, ele se deslocava até uma parte de ônibus, e o restante do caminho fazia a pé, tanto na ida quanto na volta para casa.

Mas, como João sempre se considerou um homem forte e resiliente, ele não desistiu e foi isso que o ajudou a honrar esse caminho. Foi então que no segundo ano de faculdade que o jovem conseguiu seu primeiro estágio em uma multinacional, onde passou a ganhar R$ 400 de bolsa mensal. Dessa forma, ele pôde sair do trabalho como prensador de sucata. 

Três meses depois, o estagiário foi promovido e passou a receber R$ 1000. Com o novo salário conseguiu juntar dinheiro para comprar seu primeiro carro para poder ir à faculdade, mas o veículo não durou muito tempo. Ele não quebrou! Como o jovem não tinha computador em casa e precisava fazer todas as atividades do curso na própria faculdade, ele ia até nos finais de semana para o laboratório do campus estudar. 

Em um determinado dia, um dos colegas comentou que tinha um notebook na caixa para vender e ele não pensou duas vezes, deu o seu Chevette em troca, e ainda ganhou um dinheiro a mais que usou para quitar algumas mensalidades da faculdade.

Hoje, Top Voice do Linkedin em 2020, João Gabriel é head de tecnologia na Ideen, formado em Sistemas da Informação pela Fundação Santo André e em Big Data – Inteligência na gestão de dados, pela escola Politécnica da USP. Com mais de 14 anos de experiência na área, O Matuto Programador se orgulha de toda a sua trajetória.

E você, já conhecia o trabalho do Matuto Programador? O que você achou da história dele? Deixe nos comentários.


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Sobre o Autor(a)
Jornalista, criadora de conteúdo e redatora desde 2011. Sou a mineira que veio do interior e que virou carioca por amor. Sempre antenada com o mundo ao meu redor e curiosa por natureza, já aterrissei em diversas editorias e segmentos da comunicação. Mas, a minha paixão mesmo é aquela boa mistura da tecnologia com a informação. Atualmente, pós-graduanda em Gestão Estratégica de Marketing Digital.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias