Correntistas aproveitam falha no C6 Bank e desviam R$23 milhões. Entenda
Segurança Digital

Correntistas aproveitam falha no C6 Bank e desviam R$23 milhões. Entenda

Essa não é a primeira vez que o banco digital sofre um desvio de dinheiro por falhas operacionais

2 Minutos de Leitura

Recentemente, o banco digital C6 Bank registrou uma falha na opção de investimento CDB Crédito. Por meio dessa falha, mais de 5 mil correntistas conseguiram desviar R$ 23 milhões do banco digital.

As informações foram divulgadas com exclusividade pela revista Veja na última sexta-feira (29), e a fraude é investigada pela Polícia Civil de São Paulo em duas vertentes.

A primeira apura se o golpe teria sido organizado por alguma organização criminosa, uma vez que a segunda investiga se não foi apenas um caso de repasse de informações.

Correntistas aproveitam falha no C6 Bank e desviam R$23 milhões. Entenda
Foto: C6 Bank recepção

Entenda o caso da falha no C6 Bank

O CDB Crédito é um dos investimentos de renda fixa do C6 Bank. Para investir, o usuário precisa de um valor mínimo de R$ 100 e máximo de R$ 10 mil.

Dessa forma, a modalidade funciona da seguinte forma: o correntista aplicar um valor no produto, a mesma quantia vira limite no cartão de crédito. Enquanto o correntista usa o cartão, o C6 Bank bloqueia a movimentação do investimento até o pagamento.

Entretanto, a falha se deu a partir de uma fragilidade do sistema justamente no uso do crédito. Isso porque, com a brecha na segurança, os correntistas conseguiam usar o valor total do limite, e ao mesmo tempo, realizar o resgate da aplicação antes da fintech bloquear o dinheiro.

Por dentro da investigação

De acordo com informações oficiais da polícia, os da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, são as principais localidades onde ocorreram os golpes. Por causa disso, a Polícia Civil acabou levantando a hipótese de se tratar de uma organização criminosa.

Além disso, outro ponto que chamou atenção dos investigadores dentro dessa hipótese é o fato da manobra ter ocorrido em pontos específicos das comunidades.

Entretanto, a investigação não rejeita a possibilidade da falha ter sido uma questão de troca de informações. Isso porque, os desvios foram feitos contas correntes de celulares únicos.

Em relação a quantia, há dois caminhos pelos quais o C6 pode recuperar o dinheiro. A justiça pode pedir o bloqueio das contas, bem como, o banco digital pode cobrar o valor dos correntistas, uma vez que o desvio aconteceu a partir do cartão de crédito.

Histórico de falhas

Esse episódio pode remeter a outros episódios que o C6 Bank já enfrentou. Isso porque, essa não é a primeira vez que a startup apresenta falhas que geram fraudes.

Em março deste ano, veio a público que o C6 Bank teve cerca de R$ 50 milhões desviados, em maio de 2021, em um esquema de rachadinha. A Polícia Civil investiga o envolvimento de uma funcionária de uma empresa terceirizada responsável pelo relacionamento entre o banco e os clientes. Nesse caso, a fraude se deu a partir do aumento do limite do cheque especial de 200 correntistas, que autorizaram a transação.


Receba as Vagas TI e Notícias de Tecnologia em seu Celular

Siga o Programadores Brasil no Google Notícias (CLIQUE AQUI) para receber Vagas de Ti e Notícias de Tecnologia em seu Celular.


Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias