Como construir o metaverso? Conheça as soluções da NVIDIA pensadas para o futuro digital
Metaverso

Como construir o metaverso? Conheça as soluções da NVIDIA pensadas para o futuro digital

Na prática, você já se perguntou como é construída uma realidade virtual dessa magnitude? Confira a seguir

2 Minutos de Leitura

O metaverso virou uma espécie de palavra chave dentro do mundo digital. Isso porque, depois da meta de lançar e falar abertamente sobre suas pretensões para o local, diversas companhias quiseram entrar no negócio e fincar bandeira em um pedacinho dessa terra digital.

Entretanto, na prática, você já se perguntou como é construída uma realidade virtual dessa magnitude? Pensando nisso, o time do Programadores Brasil entrou em contato com o especialista Jomar Silva, gerente de relacionamento com desenvolvedores da NVIDIA para a América Latina, que nos explicou como acontece esse processo. Confira a seguir.

como construir o metaverso
Foto: Livecoins

Fundamentos de um novo universo

De acordo com a definição do próprio Jomar Silva, o metaverso é um conjunto de redes de comunicação e processamento distribuído. Essa rede vai permitir a criação de uma nova web, mais imersiva e interativa. Dessa forma, as tecnologias gráficas avançadas desenvolvidas nas últimas décadas, vão possibilitar a criação de mundos virtuais em 3D, que poderão se conectar como portais e redes sociais que conhecemos hoje se conectam. Criar tudo isso é o desafio para os profissionais de tecnologia.

Para desenvolver para o metaverso, desenvolvedores, artistas, designers e engenheiros de software utilizam as principais ferramentas de design, produção em 3D, Frameworks e SDKs. É um esporte coletivo, envolvendo habilidades multidisciplinares.

“Com esta transformação digital, outras profissões além destas acima, também podem surgir com os especialistas em metaverso, que serão responsáveis por atender demandas no mundo da inovação. Dessa forma, entre as habilidades mais valorizadas para essa atividade estão planejamento, engenharia, projeto, design, criação de conteúdo e segurança”, explica o especialista.

NVIDIA dentro desse cenário

Dentro desse contexto, Silva explica que a existência do metaverso hoje só é possível devido a inúmeras inovações de hardware e software que a NVIDIA desenvolveu nas últimas décadas. Elas são a base para a construção de tudo isso.

“A NVIDIA desenvolveu o Omniverse para auxiliar exatamente nisso: permitir que profissionais de diversas áreas, utilizando as ferramentas de software que estão acostumados, possam colaborar em um ambiente virtual em tempo real, acelerando muito todo o processo de desenvolvimento. Como exemplo, uma alteração estrutural em uma sala pode impactar nos móveis, iluminação e texturas utilizadas. Em tempo real, todos os envolvidos podem visualizar essas necessidades e rapidamente adequar o que estão desenvolvendo”, explica Silva.

Além de criação de experiências imersivas em 3D, o NVIDIA Omniverse possibilita ainda a criação de Digital Twins. Estes, por sua vez, são réplicas virtuais de coisas do mundo real. Eles podem servir na simulação de um ambiente virtual de fábricas inteiras, como faz a BMW, otimizando a logística em centros de distribuição, como a Amazon.

Além de tudo isso, ele também pode projetar a implantação de redes 5G como faz a Ericsson, e ainda utilizar este mundo virtual para o treinamento de robôs e carros autônomos que também servirão no mundo real.

Próximos passos do metaverso

De acordo com o especialista, pode não parecer, mas o metaverso já não faz mais parte do futuro, ele é o agora. “Para 2022, as expectativas são altas. Isso porque, grandes empresas estão lançando novidades destinadas à tecnologia. Além disso, as pessoas estão cada vez mais curiosas e interessadas em explorar essas possibilidades” comenta Jomar.

Dessa forma, em alguns anos, o mundo virtual e o real estarão ainda mais conectados. Portanto, a tendência que hoje está sendo implementada fará parte do nosso dia a dia.


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias