Conheça os microchips que permitem efetuar pagamentos com a mão
Curiosidades

Conheça os microchips que permitem efetuar pagamentos com a mão

A empresa que implanta os microchips afirma que o chip é seguro e funciona imediatamente após o implante

2 Minutos de Leitura

Hoje em dia, com os diversos recursos de modernização existentes, usar dinheiro vivo ficou cada vez mais raro. Isso porque, os cartões tomaram o lugar das cédulas, e o pagamento por aproximação foi tomando o lugar das senhas, que ninguém mais precisa decorar. Mas, que tal usar microchips de pagamentos?

Os microchips podem ficar implantados em seres humanos, facilitando ainda mais os pagamentos por aproximação, sem a necessidade de andar por aí com o cartão ou celular no bolso.

Esses microchips começaram a ser implantados em seres humanos em 1998, mas foi apenas na última década que a tecnologia ficou disponível para uso comercial. Em 2021, a empresa anglo-polonesa Walletmor passou a vender chips de pagamento implantáveis.

Os chips pesam menos de um grama e são pouco maiores que um grão de arroz, envoltos em um biopolímero (material de origem natural semelhante ao plástico). Além disso, não precisarem de bateria ou recarga.

Esses microchips utilizam tecnologia NFC, que permite pagamentos por aproximação em smartphones. Outros implantes se baseiam em identificação por radiofrequência (RFID), similar ao sistema de cartões de débito e crédito físicos por aproximação.

A Walletmor afirma que o chip é seguro, teve regulação aprovada e funciona imediatamente após o implante. Até o momento, diz que já vendeu mais de 500 dispositivos, oferecidos a 229 dólares (cerca de R$ 1.070).

Conheça os microchips que permitem efetuar pagamentos com a mão
Os microchips prometem revolucionar as formas de pagamentos (Foto: Divulgação)

Como funciona o uso dos microchips de pagamentos o dia a dia

Um dos que aderiram ao sistema, ainda em 2019, foi o holandês Patrick Paumen, de 37 anos. No dia a dia, ele percebe espanto dos funcionários de estabelecimentos onde apenas coloca a mão esquerda perto do leitor de cartão para efetuar o pagamento.

Segundo Paumen, o procedimento de implante dói “tanto quanto um beliscão”. O homem revela que não se preocupa com questões ligadas à invasão de dados e segurança da privacidade.

Uma pesquisa feita no último ano com mais de 4 mil pessoas no Reino Unido e na União Europeia. De acordo com o estudo, 51% dos entrevistados consideraram fazer um implante.

“Os implantes de chip contêm o mesmo tipo de tecnologia que as pessoas usam diariamente”, defende Paumen. “Somente quando há um acoplamento magnético entre o leitor e o transponder o implante pode ser lido”.

Além de pagamentos, os microchips podem ter outras finalidades. No Reino Unido, a empresa britânica BioTeq fabrica dispositivos wireless desde 2017, tendo implantado mais de 500. Eles são destinados a pessoas com deficiência para que abram portas automaticamente.


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias