IoT
Curiosidades

Confira as apostas sobre algumas tendências em IoT para os próximos anos

Evolução do IoT trará reflexos para diversos setores, como agricultura e saúde

2 Minutos de Leitura

Com o passar dos anos e o surgimento de novas tecnologias, a chamada IoT (Internet of Things), ou Internet das Coisas em tradução literal, vem ganhando cada vez mais destaque. Mas quais serão as tendências em IoT para os próximos anos?

Em primeiro lugar, é preciso entender melhor ao que o termo se refere. A Internet das Coisas está relacionada à interconexão de objetos do cotidiano. 

“Podemos afirmar que a Internet das Coisas é aquela geladeira que faz pedido de comida automaticamente, o relógio que consegue armazenar os dados do seu cartão e fazer compra para você, o robozinho que está conectado e consegue limpar a sua casa remotamente. É assim que a internet das coisas está presente no nosso dia-a-dia”, explicou Giovanni Ostemberg de Oliveira, líder de tecnologia da Hubkn.

Em janeiro deste ano, passou a valer no Brasil a Lei da IoT (nº14.108). De acordo com a Associação Brasileira de Internet das Coisas (ABINC), a regulamentação ajudará a dar mais viabilidade a projetos e novas oportunidades de mercado dentro de diferentes verticais.

Entre os mercados que podem se beneficiar, estão: Agricultura, Cidades Inteligentes, Manufatura, Saúde, Varejo e Veículos Autônomos.

Veja as tendências para a IoT nos próximos anos nesses diferentes setores

Agricultura

Na agricultura, a IoT servirá como base para sensores instalados nas plantas, nos animais, no solo e nos veículos, capazes de coletar e processar dados para que o produtor possa identificar, por exemplo, onde é necessário a aplicação de adubo e quanto cada área necessita. Além disso, o agricultor pode receber em tempo real a localização do rebanho e dados sobre a saúde dos animais.

Cidades Inteligentes

Também por meio da IoT gestores públicos poderão melhorar a qualidade de vida das pessoas organizando e otimizando de forma digital a mobilidade urbana, o uso de energia, o acesso aos serviços públicos.

Manufatura

A IoT contribuirá para a modernização das fábricas com a automatização das operações e análises em tempo real do que acontece no chão de fábrica. Conceito também conhecido como Indústria 4.0.

Saúde

Por meio da integração de sistemas digitais utilizando IoT, médicos e enfermeiros poderão fazer o monitoramento ágil de pacientes, permitindo maior assertividade no tratamento. Além disso, alguns pacientes poderão concluir seus tratamentos em casa.  A telemedicina e a vídeo cirurgia também se beneficiarão com os investimento em IoT.

Varejo

A Internet das Coisas pode auxiliar o setor do varejo a aprimorar o relacionamento com o cliente e a experiência de compra. O monitoramento do comportamento do consumidor possibilita, por exemplo, a customização de serviços e entregas mais rápidas.

Veículos autônomos

Por fim, a  tecnologia que já é explorada fora do país pode estar próxima de se tornar realidade no Brasil. Por meio da IoT os brasileiros poderão ter acesso mais facilitado a veículos autônomos, que necessitam de uma conexão robusta e estável para operar de forma segura. Além dos veículos de passeio, a tecnologia pode ser aplicada no varejo para entrega de mercadorias.


Receba as Vagas TI e Notícias de Tecnologia em seu Celular

Siga o Programadores Brasil no Google Notícias (CLIQUE AQUI) para receber Vagas de Ti e Notícias de Tecnologia em seu Celular.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias