Enem 2021: veja dicas para ir bem no segundo dia de provas e sobre a área de Tecnologia
Cursos de Tecnologia

Ministério da Educação anuncia novo Enem: veja o que muda

Novo Enem começará a valer a partir de 2024

2 Minutos de Leitura

Em coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira, 17, o ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, anunciou o no Enem. A reformulação no Exame Nacional do Ensino Médio ocorreu por conta das novas diretrizes do novo ensino médio, que já está em fase de implantação no país.

As mudanças do novo Enem vão começar a valer a partir de 2024.

“Com a implementação do Novo Ensino Médio, iniciado em 2022, nossos estudantes estão experienciando um processo educacional mais atualizado com as demandas do mundo do trabalho. O ensino médio mudou e o Enem também precisa se atualizar. Queremos que todos os estudantes tenham uma formação geral básica robusta, com ênfase em Língua Portuguesa e Matemática”, destacou o ministro.

Novo Enem se adequa às mudanças no Ensino Médio (Foto: Pixabay)

O novo formato teve como base a legislação e referências nacionais e internacionais. De acordo com o Ministério da Educação, o novo Enem contempla dois instrumentos, que refletirão a formação geral básica e a opção dos estudantes pelos Itinerários Formativos.

“Nosso governo está trabalhando para melhorar e democratizar a educação profissional tecnológica do país, para permitir que mais jovens possam ter acesso à formação técnica. Naturalmente o Enem e os sistemas de seleção para o nível superior têm que se adaptar a esse sistema de educação. Estamos traçando as bases para que a formação profissional e tecnológica ganhe um novo estágio no país, com mais oportunidades durante a educação. Queremos fazer a interface entre o ensino técnico de nível médio e o ensino superior”, explicou Milton Ribeiro.

O que muda com o novo Enem?

Quando as mudanças forem implementadas, o Exame Nacional do Ensino Médio passará a ser composto por duas provas. O modelo atual de dois dias de aplicação do exame deve ser mantido.

Porém, em um dia os estudantes responderão itens das disciplinas comuns (Língua Portuguesa e Matemática) e a Redação. Já no segundo dia os estudantes terão que responder itens da formação específica.

A prova de inglês será integrada a essas áreas.

“Pode ter uma questão de história com o texto escrito em língua inglesa para o estudante avaliar”, explicou o secretário de Educação Básica do MEC, Mauro Rabelo.

Quem decidirá quais serão as disciplinas cobradas para ingressar em cada um dos cursos ofertados são as próprias universidades.


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias