Qual linguagem de programação aprender primeiro?
Linguagens de programação

Java 18: Oracle anuncia nova versão com melhorias de desempenho, estabilidade e segurança

Esta é a versão mais recente da linguagem de programação, que apresenta melhora de desempenho

4 Minutos de Leitura

Na última quinta-feira, 24, a Oracle anunciou o lançamento do Java 18, a versão mais recente da linguagem de programação. A plataforma chega ao mercado com novidades sobre desempenho, estabilidade e segurança.

A nova versão traz a capacidade de adicionar trechos de código na documentação da API Java (JEP 413). A melhoria ajuda a simplificar a adição de código-fonte de amostra na documentação da API. Além do Simple Web Server (JEP 408) para prototipagem e teste.

Além disso, os desenvolvedores podem explorar dois módulos de incubação: o Vector API (JEP 417) e o Foreign Function and Memory API (JEP 419). Bem como um recurso de visualização: Pattern Matching for Switch (JEP 420).

“O lançamento do Java 18 demonstra o compromisso contínuo da Oracle com empresas e desenvolvedores de acesso mais rápido a aprimoramentos com a cadência de lançamento de recursos de seis meses”, disse Georges Saab, vice-presidente de Desenvolvimento do Java Platform Group da Oracle.

E complementou: “continuamos fazendo investimentos técnicos que melhoram o desempenho, a estabilidade e a segurança das implementações da plataforma Java SE, bem como do Java Development Kit”.

Linguagens de programação
Java 18 proporciona melhoria de desempenho (Foto: Divulgação)

Java 18 é ideal para rodar aplicativos mais modernos

Já James Governor, analista principal da RedMonk, destacou que “os desenvolvedores Java querem inovação contínua com recursos modernos de linguagem de programação, aprimoramentos na experiência do desenvolvedor, serviços gerenciados em nuvem e estabilidade”.

“Com a cadência de lançamento consistente de seis meses do Java, a Oracle está atendendo a essas demandas, ajudando a manter o Java relevante para aplicativos e cargas de trabalho modernos”, concluiu.

Com o aceleramento da adoção do Java na nuvem, a Oracle introduziu recentemente o Java Management Service (JMS), um novo serviço nativo da Oracle Cloud Infrastructure (OCI). O objetivo é ajudar a gerenciar os tempos de execução e aplicativos Java no local ou em qualquer nuvem.

Além disso, o JMS fornece as informações necessárias para gerenciar implementações Java em toda a empresa. O Java Management Service está incluído para cargas de trabalho OCI e para assinantes Java SE. Esta é a versão mais recente sob a cadência de lançamento dos últimos seis meses do Java.

Confira as maiores mudanças trazidas pelo Java 18

Atualizações e melhorias nas bibliotecas

  1. JEP 400: UTF-8 por padrão – define UTF-8 como o conjunto de caracteres padrão das APIs Java. Com essa alteração, as APIs que dependem do conjunto de caracteres-padrão se comportarão de forma consistente em todas as implementações, sistemas operacionais, localidades e configurações;
  2. JEP 408: Servidor Web Simples – uma ferramenta de linha de comando e API para iniciar um servidor web mínimo que serve apenas arquivos estáticos. Esta ferramenta será útil para prototipagem, codificação ad-hoc e propósitos de teste, particularmente em contextos educacionais;
  3. JEP 416: Reimplementar Core Reflection com Method Handles – reimplementa java.lang.reflect. Method, Constructor e Field sobre os handles de método java.lang.invoke. O método manipula o mecanismo subjacente para reflexão, ele reduz o custo de manutenção e desenvolvimento das APIs java.lang.reflect e java.lang.invoke;
  4. JEP 418: SPI de resolução de endereço de Internet – define uma interface de provedor de serviço (SPI) para resolução de nome e endereço de host, para que java.net.InetAddress possa usar soluções diferentes da plataforma integrada.

Ferramentas

  1. JEP 413: trechos de código JEP na documentação da API Java – introduz a tag @snippet para o Doclet padrão do JavaDoc para simplificar a inclusão de código-fonte de exemplo na documentação da API.

Visualização e incubadoras para versões posteriores do JDK

  1. JEP 417: Vector API (Terceira Incubadora) – fornece uma API para desenvolvedores alavancarem de forma confiável arquiteturas de CPU que fornecem extensões vetoriais escaláveis. Isso levará a um desempenho superior em comparação com cálculos equivalentes em processadores não estendidos.
  2. JEP 419: Função Estrangeira e API de Memória (Segunda Incubadora) – permite que programas Java interoperem com código e dados fora do tempo de execução Java. Ao acessar eficientemente funções externas (ou seja, código fora da JVM) e ao acessar com segurança a memória externa (ou seja, memória não gerenciada pela JVM), a API permite que programas Java chamem bibliotecas nativas e processem dados nativos sem a fragilidade e as armadilhas de JNI.
  3. JEP 420: Correspondência de padrões para switch (segunda visualização) – aprimora a linguagem de programação Java com correspondência de padrões para expressões e instruções de switch, juntamente com extensões para a linguagem de padrões. Estender a correspondência de padrões para switch permite que uma expressão seja testada em vários padrões. Cada um com uma ação específica, para que consultas complexas orientadas a dados possam ser expressas de forma concisa e segura.

Programas Java 18 à prova do futuro

  1. JEP 421: Finalização obsoleta para remoção – a finalização permanece habilitada por padrão por enquanto, mas pode ser desabilitada para facilitar o teste. Em uma versão futura, ela será desabilitada por padrão e, em uma versão posterior, será removida. Os mantenedores de bibliotecas e aplicativos que dependem da finalização devem considerar a migração para outras técnicas de gerenciamento de recursos, como a instrução try-with-resources e limpadores.

Receba as Vagas TI e Notícias de Tecnologia em seu Celular

Siga o Programadores Brasil no Google Notícias (CLIQUE AQUI) para receber Vagas de Ti e Notícias de Tecnologia em seu Celular.


Sobre o Autor(a)
Jornalista e redatora, com experiência em SEO e Webwriting. Extremamente curiosa, gosto de explorar diferentes assuntos e vivenciar novas experiências. Nascida na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro e apaixonada por escrita, literatura e por boas histórias.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias