Segurança digital: saiba como proteger sua companhia de um ataque hacker
Ataque Hacker ou Serviço fora do ar

Segurança digital: saiba como proteger sua companhia de um ataque hacker

Gilberto Sudre, Professor e Pesquisador da área de Computação Forense, explica como se prevenir desse tipo de situação

3 Minutos de Leitura

Pode parecer coisa de filme, mas o ataque hacker está por aí assombrando a segurança digital de diversas companhias. Dessa forma, é até comum ver notícias sobre grandes companhias que tiveram seus serviços indisponibilizados devido a ataques de grupos hackers.

Vale lembrar que recentemente, até o próprio Governo Federal foi vítima de cibercrimes. Isso porque, o sistema do Concte SUS chegou a sair do ar após um ataque. Felizmente, de acordo com a Polícia Federal, o sistema foi recuperado sem nenhum vazamento de dados.

O time do Programadores Brasil conversou com o professor Gilberto Sudré, pesquisador da área de Computação Forense e especialista em Segurança da Informação, para dar dicas sobre como se prevenir e tentar poupar a sua empresa de uma situação como esta. Confira!

Pesquisadores descobrem falha em DNS que permite ataques DDOS em larga escala

Como se proteger de um ataque hacker?

De acordo com Sudré, a proteção das informações precisa ter várias camadas, assim como o uso de ferramentas. Ou seja, capacitação dos colaboradores em lidar com a informação e não caírem em golpes, além do controle e auditoria dos sistemas.

“Entende-se hoje as pessoas (usuários e colaboradores) como o ponto mais frágil da cadeia de Segurança da Informação e a este deve ser dada especial atenção”, afirmou Gilberto Sudré.

Dessa forma, para aqueles que já sofreram ataques, também é importante se precaver para não passar por isso novamente. Sudré destacou que é importante reforçar e revisar completamente os sistemas, computadores, dispositivos, redes e procedimentos.

“É muito comum que uma empresa invadida seja atacada com sucesso passadas algumas semanas ou meses. Acontece que, normalmente, na primeira invasão os atacantes deixaram em algum computador da organização uma “porta dos fundos”. Isso permitiria o retorno e um novo ataque à empresa”, finalizou o professor.

Dados e informações importantes.

Até antes da pandemia a Segurança da Informação era vista como uma despesa. Dessa forma, depois da chegada da Covid-19 e a migração dos serviços e empregos para o ambiente digital, a importância da segurança neste local ficou crítica.

“Eu diria que a pandemia provocou o fim da era da inocência em relação a Segurança da Informação. O que vejo hoje são empresas que já se convenceram desta importância, ou estão agindo, ou estão ainda perdidas sem saber muito o que fazer. A entrada em vigor da LGPD também ressalta a importância de se proteger os ativos de informação”, afirmou Sudré.

De acordo com o professor, os ataques mais comuns são os Ransomware com dupla extorsão. Sudré explicou um pouco mais sobre como esses ataques funcionam:

“O ataque de Ransomware acontece quando um vírus infecta uma rede de computadores criptografando todas as informações. A partir deste ponto o atacante exige um valor (normalmente em uma criptomoeda) para informar a senha para a descriptografia dos arquivos (1o nível de extorsão)”.

E complementou: “este ataque evoluiu e já se sabe que quando ocorre a criptografia dos arquivos pelo vírus os hackers já estavam silenciosamente na rede da empresa a, pelo menos, 20 dias roubando as informações. Assim, caso a empresa não aceite pagar o resgate para ter acesso a senha de descriptografia, os atacantes passam a ameaçar vazar os dados roubados para a Internet caso não seja pago um valor (2o nível de extorsão)”.

Segundo o especialista, esse ataque é bem comum atualmente por alguns fatores. Estes são: rende um bom dinheiro aos atacantes; é relativamente fácil infectar redes com o Ransomware, devido as brechas de segurança existentes; e os dados roubados (caso a empresa não aceite pagar o resgate) valem muito na Deep Web”, finalizou Gilberto Sudré.


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias