Curiosidades

Apps de supervisão desenvolvidos pelo Banco Central que utilizam IA e Big Data são certificados internacionalmente. Veja

2 Minutos de Leitura

Atualmente, o BC já desenvolveu oito ferramentas dentro do conceito Suptech

De acordo com comunicado do Banco Central da última segunda-feira (3), BCO Financial Stability Institute (FSI), criado pelo Bank for International Settlements (BIS) e pelo Comitê de Basileia, destacou, na edição nº 37 do FSI Insights, possuí duas ferramentas de supervisão criadas pelo Banco Central.

Este por sua vez é a Amostragem Determinada por Aprendizado de Máquina (ADAM) e o EVE. Essas ferramentas se enquadram no conceito de Suptech, que é a utilização de tecnologias de Inteligência Artificial e Big Data para a realização da supervisão. Atualmente, o BC já desenvolveu oito ferramentas dentro do conceito “Suptech”. Conheça mais sobre essas ferramentas e entenda como elas funcionam.

“A concepção dos aplicativos normalmente é alinhada a uma necessidade real, dentro da filosofia de como podemos otimizar o nosso próprio trabalho do dia a dia. Além disso, o conhecimento da supervisão nos ajuda a otimizar as soluções desenvolvidas, pois é fundamental que, ao substituir o ser humano, a Inteligência Artificial apresente um desempenho de alta performance”, afirma João Pacheco, coordenador da equipe responsável pelo desenvolvimento dos aplicativos Suptech.

Banco Central

ADAM

O ADAM é uma ferramenta para identificação de risco, utilizada para encontrar clientes cuja perda esperada nas operações de crédito não foi adequadamente reconhecida pelas instituições financeiras.

Criado em 2018, primeiramente foi utilizado para resolver um problema antigo da supervisão: a grande quantidade de falsos positivos dos sistemas de amostragem de operações de crédito existentes. Hoje, é um sistema de alta performance, com baixíssimo número de falsos positivos, e com uma grande inteligência de supervisão.  

O sistema é submetido a um treinamento com mais de 10.000 análises realizadas pelos inspetores nos últimos anos. Além de selecionar as operações, a atual versão do aplicativo fornece um vasto conjunto de explicações sobre os motivos para os apontamentos.  

EVE

O aplicativo EVE é utilizado para executar uma atividade de inspeção formal de ponta-a-ponta sem intervenção humana. Além das mais diversas análises que são realizadas usualmente em uma inspeção, a ferramenta prepara os relatórios e as minutas de ofícios para serem enviadas às instituições financeiras.

Para isso, utiliza os resultados dos outros aplicativos da equipe, além de realizar uma série de outras análises necessárias para a inspeção. A atual versão realiza a inspeção na área de crédito.  

O aplicativo executa entre 80 e 90% do trabalho de uma inspeção similar que antes era executada de forma manual. Simulações mostram ainda que o EVE pode realizar o trabalho 200 vezes mais rapidamente que os inspetores. Para efeito de comparação, a ferramenta realiza em 2 dias de forma automática uma inspeção que seria normalmente realizada em 45 dias por 2 inspetores. 


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Mais Lidas da Semana

NVIDIA libera Omniverse, ferramenta de criação do metaverso, gratuitamente, a desenvolvedores de todo o mundo. Veja

Turistas podem voltar a visitar a Catedral de Notre Dame, em Paris, por meio da Realidade Virtual. Entenda

Uber Flash e Flash Moto passam a exigir código PIN na hora das entregas, para garantir mais segurança. Saiba mais

Conheça a NeuroUP, startup que usa gamificação e neurotecnologia para tratamentos fisoterapeuticos

Detran RJ anuncia adesão a sistema de notificação eletrônica e oferece descontos de até 40% para pagamento de multas via app

Uber Shuttle para Empresas chega ao Brasil e Toyota é a primeira a contratar o serviço. Veja

FecomecioSP envia propostas ao Banco Central para reforçar segurança do PIX. Entenda

Governo Federal investe em inclusão digital e apoia projetos que oferecem cursos para pessoas em vulnerabilidade social. Confira

Primeira missão Starlink usando Starship Rocket deve ocorrer em março de 2022. Saiba mais

Marília SP inaugura Centro de Inovação, com projetos baseados em Inteligência Artificial e Metaverso

Sobre o Autor(a)
Jornalista, sonhadora e apaixonada por contar história de pessoas para pessoas. Além de ser extremamente curiosa, meu entretenimento é adquirir conhecimento. Atualmente sou graduada em jornalismo com inglês avançado e muitos sonhos, além de atuar, em tempo integral, em um plano infalível de me aperfeiçoar e crescer cada vez mais :)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *