Profissionais TI
CuriosidadesMercado de TI

Plug and Play: conheça o novo modelo de trabalho que chega para atender déficit de profissionais de TI no Brasil

Piloto da inciativa é realizado no Brasil, mas projeto deve se estender para outros países da América Latina.

2 Minutos de Leitura

Apesar da alta demanda, ainda falta mão de obra qualificada para atuar no mercado brasileiro de TI. Por conta disso, o custo de bons profissionais se eleva no país, abrindo espaço para um novo modelo de trabalho: o Plug and Play.

Segundo Christopher Neudl, CEO e fundador da IT Octa é possível ver profissionais de nível júnior, por exemplo, cobrando como sênior. Foi ao observar esse cenário que a Octa se uniu a joint venture da Cloud Primero para construir o conceito do Plug and Play.

Nesse modelo de trabalho, profissionais qualificados de qualquer lugar do mundo conectam-se a projetos de tecnologia aqui no Brasil. “O contratante não tem contato com os desenvolvedores, nós fazemos o contato, o cronograma de entrega, o follow up durante a execução e a finalização do projeto”, explicou Neudl.

Dentre as principais vantagens desse formato, destaca-se o fato das demandas poderem ser atendidas de imediato. Isso, porque hoje há projetos que ficam em atraso por falta de mão de obra disponível. Além disso, o custo de contratação de profissionais estrangeiros se mostra competitivo com os do mercado nacional, mesmo com o câmbio.

“A empresa ganha em velocidade e custo-benefício. Os profissionais estrangeiros também ganham em conhecimento, visto a importância do mercado de tecnologia do Brasil“, destacou o CEO da Octa.

Número de profissionais de TI qualificados não acompanha crescimento de demanda no Brasil (Foto: Pixabay)

Plug and Play chega para acelerar desenvolvimentos de projetos em TI no Brasil

Neudl enfatizou que os profissionais brasileiros possuem uma grande oportunidade atualmente por conta da alta demanda existente no país. Dessa forma, dificilmente profissionais de tecnologia e desenvolvimento brasileiros hoje ficam sem projetos para atender.

Assim, a proposta de trazer profissionais de outros países visa a ajudar o mercado brasileiro a agilizar seus projetos. A Octa tem plano de expansão da inciativa. A empresa foi eleita para vender este projeto na América Latina, não apenas no Brasil.

“O piloto está sendo realizado aqui no Brasil, mas o intuito é que — assim que houverem as concretizações e provas sociais – o projeto seja levado para outros países da América Latina.”

Atualmente, conforme explicou Neudl, a Octa já investe comercialmente para prospectar demandas de projetos brasileiros para que profissionais paquistaneses e de outros lugares do mundo. A Cloud Primero já possui cerca de 500 profissionais treinados e outros mais em treinamento para atuar no mercado brasileiro.


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias