Sem categoria

Em parceria com ITA, governo testa aplicação de Inteligência Artificial no sistema de avaliação da Educação Básica. Veja

1 Minutos de Leitura
Sem categoria

Em parceria com ITA, governo testa aplicação de Inteligência Artificial no sistema de avaliação da Educação Básica. Veja

1 Minutos de Leitura

O Governo Federal junto com o Ministério da Educação (MEC), anunciou uma parceria com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), com o objetivo de criar um projeto de pesquisa para desenvolver um sistema computadorizado para aferição de fluência em leitura oral com a utilização de inteligência artificial.

O projeto abrange os estudantes do segundo ano do ensino fundamental. Após o desenvolvimento da pesquisa para esse nível escolar, a expectativa é de que a ferramenta tenha sua utilização ampliada para as demais etapas do ensino fundamental.

Em parceria com ITA, governo testa aplicação de Inteligência Artificial no sistema de avaliação da Educação Básica. Veja

Alfabetização no Brasil com Inteligência Artificial

O projeto está sendo desenvolvido a partir de soluções tecnológicas emergentes e inovadoras, com o intuito de atender a necessidade das escolas e detectar níveis de fluência durante o processo de alfabetização. A iniciativa também quer adotar ao ensino fundamental brasileiro, uma sistemática apropriada para diagnosticar, corrigir e aumentar os níveis de alfabetização no país.

O secretário de Alfabetização, Carlos Nadalim, afirma que esse projeto com o ITA representa o compromisso da Sealf de trazer parceiros de excelência para construir soluções eficientes e inteligentes para a melhoria da qualidade da alfabetização no Brasil.

“Incorporar tecnologias de inteligência artificial e engenharia de software a avaliações de fluência em leitura oral é um desafio inovador que, com certeza, será muito bem conduzido pela equipe multidisciplinar coordenada pelo ITA.”, afirma Nadalim.

Cerca de R$ 3,2 milhões serão injetados para a criação dessa ferramenta. Os recursos foram encaminhados diretamente para o Ministério da Defesa (MD), portanto não são originários do MEC. A entrega final deste produto está prevista para dezembro de 2022. 


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *