Curiosidades da MicrosoftFacebook

Facebook impulsiona software Workplace com a nova integração do Microsoft Teams. Saiba mais

3 Minutos de Leitura

A nova integração do Workplace expande a parceria do Facebook com a Microsoft.

Em sua mais recente tentativa de atrair mais clientes empresariais aos seus serviços, o Facebook está integrando seu produto empresarial que oferece ferramentas de vídeo e colaboração com o software empresarial da Microsoft.

A integração entre o Workplace do Facebook, que recentemente mudou seu nome corporativo para Meta, e o Microsoft Teams permitirá que os funcionários que usam os dois serviços tenham a chance de acessar o conteúdo um do outro sem ter que alternar para frente e para trás. Além disso, também permitirá que os funcionários transmitam suas reuniões de vídeo em grupos de equipes para locais de trabalho, onde podem digitar comentários e usar as reações do Facebook.

Facebook impulsiona software Workplace com a nova integração do Microsoft Teams. (Imagem: Cortesia do Facebook)

Portanto, a nova integração expande a parceria do Facebook com a Microsoft. A empresa de mídia social disse recentemente que planeja oferecer suporte ao Microsoft Teams em seu dispositivo de videochamada “Portal”. Isso também ocorre no momento em que o Facebook tenta expandir a base de usuários do Workplace, que em maio tinha um total de 7 milhões de usuários, ante 5 milhões no ano anterior.

Mas a oferta empresarial do Facebook ainda empalidece em comparação com o Google, que tem mais de 3 bilhões de usuários no Google Workspace. Por outro lado, a Microsoft havia informado em abril que tinha mais de 145 milhões de usuários ativos diários no Teams e quase 300 milhões de pagos no Office 365.

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Então, o vice-presidente de produtos de negócios da Meta, Karandeep Anand disse que a parceria foi baseada no feedback dos clientes. A integração combina “o poder das equipes de transmitir e o poder do local de trabalho de consumir de uma forma muito amigável para o consumidor”.

Mas, o Facebook parece ter maneiras de se atualizar no espaço corporativo. “Eles estão começando de trás e estão fazendo parceria para ganhar participação”, explicou Mark Shmulik, analista da corretora AB Bernstein. “O Facebook tem um longo caminho a percorrer”.

Enquanto isso, a Microsoft não tem nada a perder trabalhando mais perto para integrar seus serviços a outras empresas, como o Facebook, segundo Alex Zukin, analista da firma de pesquisa de ações Wolfe Research. O Microsoft Teams pode servir como ferramenta de comunicação das empresas, enquanto o Workplace ajudará os funcionários com colaboração e engajamento, segundo ele.

“Esta é uma oportunidade de fortalecer a parceria e os negócios em torno do metaverso”, disse Zukin. “Faz sentido para a Microsoft, pelo menos em um esforço para conduzir a conversa”.

No mês passado, o Facebook revelou sua visão para o metaverso, um ambiente virtual no qual as pessoas podem colaborar, se comunicar e se conectar. Como parte dessa mudança, a empresa tem promovido seu software de realidade virtual para o local de trabalho chamado Horizon Workrooms, que está disponível no fone de ouvido Oculus Quest 2 VR. Mas, poucos dias depois, a Microsoft anunciou planos para lançar seu produto Mesh para Microsoft Teams no metaverso. A ideia seria, portanto, combinar a realidade mista do Mesh com as ferramentas de produtividade do Teams para ajudar as empresas a trabalharem juntas de forma mais integrada.

Embora os dois gigantes da tecnologia de alguma forma estejam competindo pelos mesmos clientes corporativos, uma parceria permite que eles aproveitem os pontos fortes um do outro, segundo os analistas. A Microsoft pode ajudar o Facebook com o metaverso – se isso realmente se tornar o futuro – e usar a parceria para fortalecer sua batalha contra concorrentes como Google e Zoom. E o Facebook entra em contato com mais empresas, para as quais pode vender mais serviços. “É o modelo inimigo”, disse Shmulik. “Uma vez que você está, o relacionamento funciona nos dois sentidos”.

Em um bate-papo, o vice-presidente corporativo da Microsoft, Jeff Teper, posicionou a parceria como uma oportunidade para a empresa “quebrar silos” dentro das organizações e ajudar o gigante da tecnologia a se tornar melhor, fazendo parceria “com todos os tipos de fornecedores na indústria de tecnologia”.

“Não haverá uma e apenas [uma] ferramenta de comunicação no planeta”, disse Teper. “As pessoas vão escolher uma série de ferramentas, então acho que é nossa responsabilidade, como fornecedores responsáveis, garantir que eles possam se integrar e interoperar.”

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

No entanto, ainda não foi determinado se a nova integração impulsionará os clientes do Facebook Workplace ou do Microsoft Teams. Mas, Shmulik disse que a indústria de software empresarial é um “espaço quente” com muita concorrência. E ainda é o jogo de qualquer um.

Por fim, os clientes que usam os dois serviços já podem instalar a integração. A partir de 2022, eles poderão transmitir reuniões no local de trabalho, segundo informaram as empresas. A nova integração não mudará o preço de nenhum dos serviços, afirmou o Facebook.

*Com informações The Washington Post*


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Mais Lidas da Semana

Tecnologia e Varejo: Microsoft Cloud for Retail chega para alavancar vendas online

Microsoft libera novas atualizações para o Windows 11 no canal Insiders. Confira as novidades

Microsoft oferece programa de capacitação profissional em TI, em parceria com a Generation Brasil. Saiba mais

Em nova atualização para canal insiders, Microsoft lança nova experiência de chamadas para app 'Seu Telefone' no Windows 11. Confira

A partir de março, serviços Microsoft vão ficar mais caros no Brasil. Veja

Microsoft Pluton: processador de segurança chegará ao mercado para trazer mais segurança aos usuários. Entenda

Para aumentar produtividade de funcionários, Toyota Motor Europe investe na plataforma Microsoft 365. Saiba mais

Veja como ativar recursos de acessibilidade no Windows 11 e demais ferramentas da Microsoft

Governo britânico determina venda da Giphy e Meta recorre. Entenda

Mirando na computação em nuvem, Microsoft renova contrato com Take Blip. Saiba mais

Sobre o Autor(a)
Jornalista, criadora de conteúdo e redatora desde 2011. Sou a mineira que veio do interior e que virou carioca por amor. Sempre antenada com o mundo ao meu redor e curiosa por natureza, já aterrissei em diversas editorias e segmentos da comunicação. Mas, a minha paixão mesmo é aquela boa mistura da tecnologia com a informação. Atualmente, pós-graduanda em Gestão Estratégica de Marketing Digital, hoje me divido entre trabalho, diversão, família e agora mãe!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *