[Review] Apple MacBook Air M1 sobe o nível no mercado de notebooks com integração do novo chip e outras melhorias. Confira - Programadores Brasil
Curiosidades da Apple

[Review] Apple MacBook Air M1 sobe o nível no mercado de notebooks com integração do novo chip e outras melhorias. Confira

4 Mins read

A Apple tem aproximado cada vez mais seus computadores do iPhone e do iPad com a transição dos chips Intel para os chips ARM no seu novo MacBook Air M1. Mesmo com previsão de lançamento oficial para 2022, a primeira geração dos processadores da Maçã já subiu o nível no mercado.

Para esclarecer, o MacBook Air M1 possui uma ótima autonomia de bateria e desempenho firme. No entanto, é preciso levar em conta alguns fatores antes de fazer a troca do Mac com Intel para os modelos M1.

Apple MacBook Air M1 sobe o nível no mercado com integração do novo chip e outras melhorias. (Imagem: Apple)

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Design sem grandes mudanças

Com relação ao Design, a Apple não deve fazer grandes mudanças em seus notebooks. O MacBook Air M1 possui linhas finas em uma ponta que se prolonga na outra. Além disso, ele é construído em alumínio e com aspectos premium que são bem evidentes, assim como o Air anterior.

Sobre o tamanho, o dispositivo é bastante compacto, o que facilita a mobilidade. Além disso, ele é bem leve, e mais robusto. No entanto, há duas portas USB-C 4 (Thunderbolt 3) e um conector de 3,5 mm para fones de ouvido. Até aí, sem grandes novidades.

Por outro lado, um dos diferenciais do MacBook Air M1 é o trackpad sensível à pressão com acabamento em vidro. Além de possuir um tamanho confortável, o que ajuda muito na navegação, também suporta vários gestos. Mas, o teclado retroiluminado voltou à sua origem e não está mais no formato borboleta. O dispositivo adicionou ainda o leitor de digitais touch ID e botões para atalhos. Além disso, muitos consideram a volta do Magic Keyboard algo assertivo.

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Tela e som trazem novidades

Já a tela do novo MacBook Air M1 tem 13,3 polegadas, tecnologia IPS e é retroiluminada por LED. Além disso, apesar da alta resolução (2560 x 1600p) e brilho máximo de 400 nits, é menos brilhante do que a linha Pro. Mas exibe tons profundos e tem alta nitidez. Portanto, apenas essas mudanças já são mais que o suficiente para concorrer com outros notebooks de ponta, como a própria linha mais cara da Apple.

No entanto, vale mencionar outros três pontos da tela: a taxa de atualização padrão de 60 Hz é reflexiva e continua com bordas maiores em relação aos concorrentes. Quanto ao som, é nitidamente inferior ao da linha Pro, mas isso não é um grande problema. Além disso, o notebook conta com saída dupla ao lado do teclado e reproduz áudio com bom volume, graves tímidos e bastante nitidez. Portanto, para quem pensa em assistir a vídeos ou filmes, o notebook da Apple pode ser uma opção interessante. Mais pela tela, no caso.

(Imagem: Apple)

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Melhor desempenho e bateria durável

Outro destaque do MacBook Air é o chip M1 que foi apresentado oficialmente no final de 2020. A Apple mostrou resultados bem positivos sobre o novo hardware. A companhia diz ser um trabalho em conjunto com o software, fazendo melhorias no desempenho e ainda prolongando a vida útil da bateria.

Se for comparar com o Macbook Pro 2019 com o chip Intel, há uma diferença muito grande. Para esclarecer, o MacBook Air M1 aguenta um dia inteiro de trabalho leve, se rodar navegadores e apps mais simples. Sem contar com o consumo multimídia, já que alguns testes mostraram 8% de descarga depois de reproduzir um filme com 2 horas de duração.

Mas, mesmo utilizando o Google Chrome, que costuma gastar muita memória, foi possível registrar somente 2% da descarga depois de usar o Mac por uma hora. A autonomia é realmente impressionante, principalmente para quem precisa de um computador desse tipo para trabalhar.

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

(Imagem: Apple)

No entanto, há pontos que poderiam ser melhores. A bateria do MacBook Air M1, por exemplo, só descarrega com mais velocidade quando utilizada com um segundo monitor, ou faz uma videochamada ou executa diversas abas do Chrome em várias “mesas”. Mesmo com esse cenário, a autonomia consegue continuar estável pelo menos até o começo da tarde, se considerar que o computador fique fora da tomada a partir do início da manhã.

Além disso, há um ponto para se levar em consideração no MacBook Air M1 que é a falta de ventoinha interna. Então, mesmo renderizando vídeos em 4K, o PC não faz barulho. Mas, também não foi notado que ele esquentou a ponto de ficar incômodo.

O M1 também pode fazer aplicativos do iOs rodar no Mac. Mas, é claro que nem todos funcionam nem devem funcionar, uma vez que são desenvolvidos para serem usados com telas de toque. No entanto, o destaque vai para o Rosetta 2, a saída da Apple para tornar outros apps compatíveis com suas novas  máquinas, mesmo que não sejam específicos para chips ARM.

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Portanto, ao ser lançado era fácil encontrar apps e programas ainda não compatíveis com o M1. Como o modelo começou a ser utilizado há aproximadamente e meses, ainda não foram encontrados problemas. Mas, com o passar do tempo, os desenvolvedores devem adaptar de forma completa seus softwares, o que pode tornar a transição mais tranquila.

Um detalhe significativo é que este é o modelo base que possui 8 GM de RAM, 256 GB de armazenamento e 7 núcleos na GPU. Mas, também há uma opção com 8 núcleos que deve ser mais rápida ao realizar atividades gráficas.

(Imagem: Apple)

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Afinal, vale a pena comprar o MacBook Air M1 da Apple?

Sem dúvidas, este seria o modelo mais indicado para a maioria das pessoas desta geração atual. O desempenho do dispositivo é impecável para o trabalho, e a bateria dura um dia inteiro suprindo bem as expectativas de quem precisa de bastante tempo.

No entanto, o preço sugerido do MacBook Air M1 é de R$ 13 mil. Portanto, se você estiver pensando em comprar um Mac ou passar do Mac com Intel para o Mac com M1, as vantagem ficam claras que são melhores.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *