Netflix anuncia mudanças nas métricas que usa para classificar os títulos mais populares de seu serviço de streaming. Entenda - Programadores Brasil
Entretenimento

Netflix anuncia mudanças nas métricas que usa para classificar os títulos mais populares de seu serviço de streaming. Entenda

3 Minutos de Leitura

A Netflix mudará as métricas que usa para classificar os títulos mais populares em seu serviço de streaming, para o seu público, anunciou a empresa nesta terça-feira (19). Anteriormente, a empresa só classificava os títulos com base na conclusão de pelo menos os primeiros dois minutos de um filme ou série ao longo de 28 dias de seu lançamento. 

Veja também: [+] Compre sua Televisão com super desconto na Amazon. Ofertas imperdíveis!

Recentemente, no entanto, a empresa começou a divulgar as classificações baseadas no número total de horas que um filme ou série são assistidos, ou seja, métricas que mudarão ainda este ano, informou a Netflix em um relatório divulgado aos seus acionistas.

Netflix anuncia mudanças nas métricas que usa para classificar os títulos mais populares de seu serviço de streaming. (Imagem: Round 6/ Netflix)

“Há alguma diferença nas classificações […], mas achamos que o engajamento, medido pelas horas visualizadas, é um indicador ligeiramente melhor do sucesso geral de nossos títulos e da satisfação dos usuários”, explicou a empresa. “Isso também corresponde à forma como os serviços externos medem a exibição de TV e dão o devido crédito para assistir novamente”.

Veja também: [+] Compre sua Televisão com super desconto na Amazon. Ofertas imperdíveis!

Portanto, a mudança não apenas vai alterar um de seus principais sistemas de classificação pública de espectadores para horas visualizadas, mas deve, em teoria, tornar suas classificações um pouco mais fáceis de entender. Embora a Netflix rastreie coisas como a conclusão de seus títulos internamente, a métrica de 2 minutos era confusa e tinha o potencial de representar erroneamente o verdadeiro sucesso de uma série ou filme. Por exemplo, se um titular de conta assistisse apenas os primeiros dois minutos, mas depois desistisse de continuar assistindo.

Além disso, a empresa explicou também que vai começar “a lançar métricas de títulos com mais regularidade, fora do relatório de ganhos, para que os espectadores e a indústria possam medir melhor o sucesso no mundo do streaming“. A transparência em torno dos números de streaming, e a precisão com que os serviços rastreiam seus títulos, tem sido exigida por figuras do setor que dizem que estes serviços não se dão diretamente sobre as métricas de sucesso, o que acaba complicando tudo, desde pagamentos de elenco e equipe até negociações de contratos.

Veja também: [+] Compre sua Televisão com super desconto na Amazon. Ofertas imperdíveis!

O co-CEO e diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, compartilhou no mês de setembro durante a CodeCon as classificações dos principais títulos da Netflix com base na métrica de 2 minutos e nas horas assistidas. E, portanto, uma comparação lado a lado mostrou que, embora a sobreposição fosse certamente visível,  as diferentes métricas alteraram as classificações de títulos visivelmente.

Confira abaixo:

Round 6 supera métricas de horas assistidas na Netflix

Por outro lado, é certo que por muitas de suas métricas, o drama coreano Round 6 tem sido um enorme sucesso na plataforma. Segundo informação divulgada pela Bloomberg na semana passada, a empresa estimou que “89% das pessoas que começaram a assistir à série assistiram a pelo menos 75 minutos (mais de um episódio). Além disso, 66% dos espectadores, ou 87 milhões de pessoas, terminaram a série nos primeiros 23 dias no ar.

Veja também: [+] Compre sua Televisão com super desconto na Amazon. Ofertas imperdíveis!

Por fim, na última semana, a Netflix também anunciou que a série havia se tornado a maior de todos os tempos apenas no dia do lançamento. Para esclarecer aos acionistas, a empresa revelou em seu relatório que 142 milhões de famílias em todo o mundo sintonizaram na série, com base em sua métrica de 2 minutos.

*Com informações The Verge*


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Sobre o Autor(a)
Jornalista, criadora de conteúdo e redatora desde 2011. Sou a mineira que veio do interior e que virou carioca por amor. Sempre antenada com o mundo ao meu redor e curiosa por natureza, já aterrissei em diversas editorias e segmentos da comunicação. Mas, a minha paixão mesmo é aquela boa mistura da tecnologia com a informação. Atualmente, pós-graduanda em Gestão Estratégica de Marketing Digital, hoje me divido entre trabalho, diversão, família e agora mãe!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *