Metaverso: Facebook investe mais de US$ 50 milhões para construir um universo virtual. Entenda - Programadores Brasil
Facebook

Metaverso: Facebook investe mais de US$ 50 milhões para construir um universo virtual. Entenda

4 Minutos de Leitura

Mesmo enfrentando uma de suas piores crises na história com documentos vazados e negligência na moderação de conteúdos, o Facebook de Mark Zuckerberg tem procurado ampliar o foco para outros caminhos, em um novo negócio chamado metaverso.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Portanto, além de trabalhar apenas com as redes sociais, o objetivo da empresa seria criar um novo mundo virtual. Claro que essa estratégia parece ser para tentar fugir dos escândalos atuais vividos pelo Facebook. Então, essa inclinação em direção ao metaverso pode ser uma mudança de nome da própria companhia.

Segundo o site The Verge, o Facebook investiu no projeto de metaverso mais de US$ 50 milhões. No entanto, mesmo que essa palavra venha ganhando espaço na mídia, ainda não se sabe muito sobre este conceito desconhecido.

Metaverso: Facebook investe mais de US$ 50 milhões para construir um universo virtual. (Imagem: REUTERS/Erin Scott)

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Então, o que é metaverso?

Um termo com explicações amplas, metaverso geralmente se refere a ambientes de mundo virtual onde as pessoas podem compartilhá-los via internet. Além disso, o termo faz referência a espaços digitais cada vez mais realistas com o uso de realidade virtual (RV) ou realidade aumentada (RA).

Por outro lado, algumas pessoas também utilizam a palavra metaverso para descrever o mundo dos jogos, onde o personagem pode andar e interagir com outros jogadores. Por exemplo, muitos filmes de ficção científica e livros são ambientados em metaversos completos, ou seja, mundos digitais alternativos que não se distinguem do mundo físico real. No entanto, isso ainda não passa de ficção. Isso porque até agora esses espaços virtuais apenas se parecem mais com o interior de um jogo de videogame do que com a vida real.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Para esclarecer, o Facebook conta hoje com mais de 10 mil funcionários focados diretamente na construção de dispositivos, como óculos de RA, o que poderia ajudar no acesso ao metaverso da empresa. A ideia de Zuckerberg, portanto, é que esses dispositivos sejam tão ativos na vida das pessoas quanto são os smartphones atualmente. Para isso, a empresa chegou a anunciar um recurso milionário para construir o metaverso. Esses devem ser usados ao longo de dois anos para que as tecnologias possam ser “construídas de uma forma inclusiva e empoderadora”.

Além disso, o Facebook também declarou que pretende trabalhar em conjunto com pesquisadores de quatro áreas, incluindo privacidade e segurança de dados. Isso daria permissão para que os usuários tenham ajuda se alguma coisa que acharem no metaverso possa causar desconforto futuramente.

Em suma, Mark Zuckerberg encontrou um caminho ideal alternativo para investir em seus interesses. Este novo investimento traz um conceito novo, que não só mudará o foco da realidade que o Facebook está vivendo, mas também colocará a empresa numa linha de explorar novas terras em lugares ainda não descobertos da tecnologia.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Facebook não é o primeiro a pensar em metaverso

Apesar de ser um termo que tem atraído investidores agora, ele não é exclusivo do Facebook. A Microsoft também está desenvolvendo tecnologias com o mesmo objetivo de convergir o mundo digital com o físico. Além disso, há também o popular jogo infantil Roblox, que estreou na Bolsa de Valores de Nova York em março, que se descreve como empresa metaversa. E sem deixar de mencionar o Fortnite, da Epic Games, que também pode ser considerado um jogo metaverso.

Por outro lado, o Google também não fica atrás, pois está desenvolvendo um recurso chamado Projeto Staline. Ou seja, ele vai simular uma videochamada através da holografia entre os usuários, que será feito por meio de câmeras de alta resolução. A impressão é que os participantes que estiverem na chamada se sintam como se estivessem apenas numa janela ou atrás de uma parede de vidro. Mas, ao que parece, o Facebook pode estar querendo ir um pouco mais além disso.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Características do metaverso

Uma das principais características do metaverso é a interação do mundo real com o virtual. No Fortnite, que já foi mencionado, os músicos podem realizar shows virtuais dentro da plataforma, inclusive com venda de ingressos e interação do público. Por exemplo, a cantora Ariana Grande chegou a se apresentar virtualmente no Fortnite, em setembro de 2020, algo considerado a área vip do mundo virtual.

Mas, é claro que o metaverso não se limita a eventos musicais. Grande empresas de moda ao redor do mundo também já transformaram suas passarelas em tapetes virtuais, com avatares de peças onde as pessoas podiam usar em ambientes metaversos. Algumas delas foram Hermès, Burberry e Valentino.

Por fim, os fãs do metaverso acreditam que este será o próximo passo no desenvolvimento da internet. Apesar de até agora, as pessoas só interagirem entre si pelas mídias sociais ou por apps de mensagens. A ideia do surgimento do metaverso é criar novos espaços online para que a interação das pessoas seja multidimensional. Lá, os usuários poderão viver dentro do mundo virtual ao invés de apenas visualizá-lo.

*Com informações Terra*


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Sobre o Autor(a)
Jornalista, criadora de conteúdo e redatora desde 2011. Sou a mineira que veio do interior e que virou carioca por amor. Sempre antenada com o mundo ao meu redor e curiosa por natureza, já aterrissei em diversas editorias e segmentos da comunicação. Mas, a minha paixão mesmo é aquela boa mistura da tecnologia com a informação. Atualmente, pós-graduanda em Gestão Estratégica de Marketing Digital, hoje me divido entre trabalho, diversão, família e agora mãe!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *