Mesmo com novos Widgets, Windows 11 mantém Bing como motor de buscas na barra de pesquisas. Saiba mais - Programadores Brasil
Windows

Mesmo com novos Widgets, Windows 11 mantém Bing como motor de buscas na barra de pesquisas. Saiba mais

2 Mins read

O Windows 11 foi lançado oficialmente na terça-feira (5) e apresentou diversos recursos, incluindo novos Widgets. Mas, o conjunto de ferramentas foi apresentado pela Microsoft como um meio de oferecer informações rápidas sobre as notícias mais recentes, clima, tarefas pendentes, além de outros itens semelhantes.

Mesmo com novos Widgets, Windows 11 mantém Bing como motor de buscas na barra de pesquisas. (Imagem: Windows Central)

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

Segundo a gigante da tecnologia, o departamento de Widgets recebeu diversas melhorias através da inteligência artificial com o intuito de refletir os gostos pessoais dos usuários. Mas, parece que a personalização do recurso ainda é um tanto limitada no Windows 11.

No entanto, mesmo que seja possível ajustar quantos e quais “atalhos” vão estar na seção dos Widgets, que agora passa a ter um botão exclusivo na barra de tarefas, o que fica é a definição de “como” será feita essa apresentação aos usuários.

Mas, é importante ressaltar que um dos problemas que o novo SO ainda apresenta é na Barra de Pesquisas e no feed de informações. Pois eles continuam sendo alimentados pelo motor de buscas do Bing, assim como já ocorre no Windows 10.

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

Microsoft não fala sobre planos de mudar motor de buscas

Portanto, a Microsoft informou que por enquanto não será possível fazer alteração no motor de buscas para uma alternativa de preferência no Windows 11. Mas, vale considerar que o Bing domina uma pequena parte deste mercado atualmente, apenas 6,78%. Isso seria suficiente para superar os menores concorrentes, o que totalizam juntos 5,36% de atuação.

Por outro lado, essa margem aparece bem distante da gigante das buscas Google, que abrange 86,65% dos usuários da internet. Para esclarecer, os dados foram divulgados pelo site StatCounter, mantido pela empresa GlobalStats. Veja no gráfico a seguir:

Mesmo que pareça incômodo para alguns usuários, as demais melhorias não ficam aquém do novo Windows11 para os Widgets. Ou seja, o conjunto de ferramentas ganhou mais visibilidade, ficou mais responsivo e mais fácil de achar na Barra de Tarefas, o que já é uma grande mudança em relação ao Windows 10, onde eventualmente, ele aparece na lateral direita e tinha um desempenho um tanto questionável.

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

Mas, questionada pelo portal Tecmundo se ainda há algum plano para oferecer outras opções de buscadores futuramente na área de Widgets, a Microsoft respondeu de forma sucinta: “Tal como com o Windows 10, a pesquisa no Windows 11 é alimentada pelo Bing e não pode ser alterada,” reforçou. No entanto, a empresa também ponderou que os clientes “ainda podem definir a sua ferramenta de busca nas configurações do navegador,” concluiu.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *