Facebook restringe acesso a grupos de mensagens internas sobre a segurança da plataforma. Entenda - Programadores Brasil
FacebookRedes Sociais

Facebook restringe acesso a grupos de mensagens internas sobre a segurança da plataforma. Entenda

1 Mins read

Uma reportagem do The New York Times revelou que o Facebook estaria tornando privados alguns grupos de mensagens internas sobre a segurança da plataforma. A medida seria uma tentativa de evitar vazamentos, como os que ocorreram nas últimas semanas.

A reportagem do The Verge confirmou a informação. Em um comunicado encaminhado ao portal de notícias, a empresa disse que “vazamentos diminuem a eficácia, eficiência e moral das equipes que trabalham todos os dias para enfrentar os desafios que vêm com a operação de uma plataforma para bilhões de pessoas”.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

Empresa investe em medidas para proteger dados de segurança da plataforma (Foto: Divulgação)

Facebook diz que trabalha na restrição de acesso a grupos de mensagens internas há meses

E ainda complementou: “eles [vazamentos] também podem colocar funcionários que trabalham com assuntos delicados em risco e fazer com que tópicos complexos sejam mal interpretados e mal compreendidos”.

O Facebook não esclareceu, exatamente, quantos grupos de mensagens internas serão privados. Assim, não há como precisar quão amplamente o Facebook está bloqueando as coisas. A empresa ainda disse ao The Verge que a mudança já estava em andamento há meses.

A decisão do Facebook ocorre dias depois do depoimento da denunciante, Frances Haugen, ao Congresso. Na última segunda-feira, 11, Haugen aceitou um convite para falar com o Conselho de Supervisão independente do Facebook e, no final deste mês, ela deve testemunhar perante o Parlamento do Reino Unido.

*Com informações do The Verge*


Sobre o Autor(a)
Letícia de Jesus, 20 e poucos anos. Jornalista e redatora web. Além da redação de conteúdos, flerto com o universo do Marketing Digital e Social Media.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *