Ex-funcionário da Apple, acusado de vazar segredos comerciais, agora está sob investigação criminal. Entenda o caso - Programadores Brasil
Curiosidades da Apple

Ex-funcionário da Apple, acusado de vazar segredos comerciais, agora está sob investigação criminal. Entenda o caso

1 Mins read

Em maio, a Apple chegou a abrir uma investigação civil contra um dos seus ex-funcionários que teria vazado informações confidenciais. Mas, agora Simon Lancaster, um dos ex-líderes de materiais da companhia, está sob investigação criminal pelo governo da Califórnia.

Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

No entanto, novos documentos legais liberados revelaram que o Gabinete do Promotor Público do Condado de Santa Clara abriu uma nova investigação criminal oficial contra o profissional. Inclusive, as informações também indicam que uma nova fase do caso acontecerá no dia 18 de novembro de 2021.

Ex-funcionário da Apple, acusado de vazar segredos comerciais, agora está sob investigação criminal. (Imagem: Unsplash)

“No dia seguinte à Conferência de Gestão de Caso Inicial das partes, o Gabinete do Procurador do Condado de Santa Clara informou pela primeira vez ao advogado de Lancaster que ele estava sendo objeto de uma investigação criminal sobre o alegado roubo de segredos comerciais”, consta nos documentos.

Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

Em contrapartida, o advogado do acusado já realizou requisições no tribunal de Santa clara para que fosse interrompido os procedimentos do processo da Apple, ao menos enquanto não houver uma resolução da investigação criminal.

Portanto, Lancaster vai na contramão alegando que continuar com o processo durante a investigação criminal pode ser prejudicial para os seus direitos, levando em conta à Quinta Emenda. Ou seja, ela é que define garantias contra o abuso da autoridade estatal e institui que nenhum cidadão seja obrigado a testemunhar contra si mesmo.

Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

“A consideração principal sobre esta moção de suspensão são os direitos da Quinta Emenda do réu e se esses direitos serão implicados pela descoberta e divulgação exigidas na ação civil”, relatou nos documentos legais.

*Com informações Tecmundo*


Sobre o Autor(a)
Jornalista, criadora de conteúdo e redatora desde 2011. Sou a mineira que veio do interior e que virou carioca por amor. Sempre antenada com o mundo ao meu redor e curiosa por natureza, já aterrissei em diversas editorias e segmentos da comunicação. Mas, a minha paixão mesmo é aquela boa mistura da tecnologia com a informação. Atualmente, pós-graduanda em Gestão Estratégica de Marketing Digital, hoje me divido entre trabalho, diversão, família e agora mãe!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *