Coinbase diz que hackers roubaram criptomoedas de pelo menos 6 mil clientes. Saiba mais - Programadores Brasil
Criptomoedas

Coinbase diz que hackers roubaram criptomoedas de pelo menos 6 mil clientes. Saiba mais

1 Mins read

Hackers roubaram contas de pelo menos 6 mil clientes da Coinbase, segundo uma carta de notificação de violação enviada pela plataforma de criptomoedas aos clientes afetados. A invasão ocorreu entre março e maio deste ano, e foi publicada no site do Procurador-Geral da Califórnia.

Considerada uma das maiores casas de câmbio de criptomoedas dos Estados Unidos, a Coinbase Global Inc. é o lugar onde os investidores podem comprar, vender, trocar e depositar suas moedas em uma poupança digital (Staking). Aqui no Brasil, por exemplo, a empresa também já atua com algumas opções de investimentos de criptoativos.

Coinbase diz que hackers roubaram criptomoedas de pelo menos 6 mil clientes. (Imagem: Reuters)

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Hackers exploram falhas da Coinbase e transferem criptomoedas para outras carteiras

Portanto, de acordo com a publicação, terceiros não autorizados exploraram uma falha no processo de recuperação de contas via SMS da empresa. Então, os hackers tiveram acesso às contas e transferiram fundos para carteiras criptografadas de fora da Coinbase.

Corrigimos imediatamente a falha e trabalhamos com esses clientes para recuperar o controle de suas contas e reembolsá-los pelos fundos que perderam”, disse um porta-voz da Coinbase, na última sexta-feira (1).

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Mas, para realizar toda a operação, os hackers tiveram que descobrir endereços de e-mail, senhas e números de telefone vinculados às contas Coinbase afetadas para só então terem acesso a e-mails pessoais, segundo relatou a empresa.

Por outro lado, a Coinbase disse que não há evidências de que a informação foi obtida dentro da própria empresa.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *