Valorant: Game da Riot passa a exigir TPM 2.0 e boot seguro para continuar rodando em PCs com novo Windows 11. Entenda - Programadores Brasil
Gaming

Valorant: Game da Riot passa a exigir TPM 2.0 e boot seguro para continuar rodando em PCs com novo Windows 11. Entenda

2 Mins read

O Game Valorant passou a exigir Trusted Platform Module 2.0 (TPM 2.0) e boot seguro para continuar funcionando em computadores com Windows 11, o novo sistema operacional da Microsoft. O aviso sobre a mudança foi publicado no Twitter AntiCheatPD, perfil especializado em novos recursos contra trapaças em jogos.

Valorant: Game da Riot passa a exigir TPM 2.0 e boot seguro para continuar rodando em PCs com novo Windows 11 (Imagem: Divulgação/ Valorant)

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Portanto, essa nova regra significa que o game não permitirá mais que usuários joguem o Valorant sem os requisitos mínimos do novo SO ou com instalação do Windows 11 por meio de ISOs ou por métodos alternativos. No entanto, a Riot, responsável pelo jogo, ainda não se pronunciou sobre essa mudança. Então, até o momento não há nenhuma alteração definitiva.

Para esclarecer, com essa nova exigência, hackers com intenções de ultrapassar banimentos em cima de identificação de hardware (HWID) encontrariam mais dificuldades. Isso porque o TPM 2.0 aumenta a resistência contra adulterações. Mas, essa atualização no Valorant ainda não se aplica a usuários do Windows 10 e 7. Dessa forma, o cheater pode continuar sem atualizar seu SO.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Novas regras da Microsoft para Windows 11

No entanto, a Microsoft informou em agosto que as atualizações no Windows 11 ficarão limitadas em sistemas que não forem compatíveis. Ou seja, isso implica na indisponibilidade de patches de segurança e até mesmo drives via Windows Update. Isto pode deixar o computador mais vulnerável e também pode ter sido o motivo dos novos requisitos mínimos no software Vanguard Anti-Cheat do jogo.

Em suma, o novo Windows 11 tem seu lançamento oficial marcado para o dia 5 de outubro e suas atualizações serão implementadas gradativamente, chegando a todos os PCs compatíveis até 2022. Mas, por enquanto, usuários que desejam testar o novo SO tem a possibilidade de baixar a versão beta do sistema operacional.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Além disso, embora a Microsoft tenha liberado a versão de testes, a companhia já reforçou que usuários que possuam PCs mais antigos deverão ser retirados do programa Insider e precisarão reinstalar o SO anterior depois que o Windows 11 estiver disponível.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *