Rumores: Google desenvolve CPUs personalizadas para Chromebook que podem chegar já em 2023. Saiba mais - Programadores Brasil
Curiosidades da Google

Rumores: Google desenvolve CPUs personalizadas para Chromebook que podem chegar já em 2023. Saiba mais

1 Mins read

Os novos chips do Google podem se estender para além da linha de smartphones, pois segundo rumores, a chegada dos semicondutores deve atingir também os laptops e tablets Chromebook já em 2023. Para esclarecer, a informação foi divulgada pelo Nikkei Asia na última quarta-feira (1º). Além disso, o site confirmou que, do mesmo modo que o chip Tensor, as CPUs do Chromebook serão baseadas na arquitetura ARM.

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

Rumores: Google desenvolve CPUs personalizadas para Chromebook que podem chegar já em 2023. (Imagem: Monica Chin/ The Verge)

Portanto, o lançamento do Tensor do Pixel 6 pode vir como uma espécie de teste para que estes componentes também sirvam para a série de Chromebooks. Além disso, o chip possui uma TPU projetada especialmente para acelerar tarefas de inteligência artificial, além de um processador Titan M2, mesmo que não existam ainda informações a respeito da CPU e da GPU do componente.

Google de olho nos concorrentes

Embora, por enquanto, sejam apenas especulações, o uso dos chips personalizados do Google em seus novos Chromebooks indica que a companhia está correndo junto com suas rivais que também estão buscando semicondutores próprios para os seus produtos. Portanto, inclui nessa concorrência acirrada alguns gigantes da tecnologia, como por exemplo, Amazon, Facebook, Microsoft, Tesla, Baidu e Alibaba.

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

O Google está se juntando ao grupo de empresas globais de tecnologia que competem para desenvolver chips internos. 
(Imagem: Nikkei Asia/ Fonte da AP)

Para esclarecer, dois informantes que conhecem os projetos do Google contaram que a empresa está inspirada com o sucesso do chip M1 da Apple. Principalmente, depois que a Maçã anunciou que pretende substituir as CPUs da Intel em Macs e laptops por uma produção deles.

Em suma, mesmo que o projeto de repetir o feito da Apple em seus Chromebooks soe como uma ideia distante, conseguir expandir o Tensor SoC para além da linha de smartphones pode ser um grande primeiro passo para que o Google caminhe nesta direção.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Google Pixel 6 Pro apresenta novos recursos de câmera, com sensores mais potentes, HDR melhorado, efeitos de pós-processamento, entre outros. Saiba mais

Especulações sugerem que Google Pixelbook 2 terá chip tensor e pode chegar ao mercado em outubro. Entenda

Google lança Chrome 94 e navegador recebe críticas por trazer recurso considerado polêmico para a segurança de usuários. Entenda

Google Fotos aparece com novo visual seguindo a linguagem do design Material You para alguns usuários. Saiba mais

Rumores apontam que o chip Google Tensor pode ser ainda mais rápido que o Qualcomm Snapdragon 888. Entenda

Google apresenta novidades em suas ferramentas de uso profissional para o Workspace, Agenda e Meet. Confira

App do Gmail vai permitir que usuários façam e recebam chamadas do Google Meet. Confira esta e outras do Google

Pixel 6 e Pixel 6 Pro: Google deve lançar seus novos celulares antes do lançamento do iPhone 13, apontam rumores. Saiba mais

LARA 2021: Google abre inscrições do programa de incentivo à pesquisa, que este ano terá foco em diversidade

Informações sobre um processo judicial da Epic Games mostra programa de benefícios da Google para manter apps na Play Store. Entenda