Rumores apontam que o chip Google Tensor pode ser ainda mais rápido que o Qualcomm Snapdragon 888. Entenda - Programadores Brasil
Curiosidades da Google

Rumores apontam que o chip Google Tensor pode ser ainda mais rápido que o Qualcomm Snapdragon 888. Entenda

2 Mins read

Rumores recentes vazados em um relatório pelo site GizChina, revelaram que o chip Google Tensor desenvolvido para o Google Pixel 6 Pro pode ser mais rápido do que o Qualcomm Snapdragon 888. Além disso, o relatório afirmou que esse processador pode se tornar um dos chips mais rápidos do Android

Rumores apontam que o chip Google Tensor pode ser ainda mais rápido que o Qualcomm Snapdragon 888. (Imagem: Google/Reprodução)

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Por outro lado, a maioria dos processadores ARM em smartphones, atualmente usa a arquitetura “big.LITTLE”, que consiste em núcleos de alto desempenho e núcleos de baixo consumo de energia. Portanto, os núcleos de alto desempenho são responsáveis ​​pelo processamento de cenários de alta carga, como jogos, já os núcleos de baixa energia são responsáveis ​​pelo processamento de cenários de baixa carga.

No entanto, os principais processadores da Samsung e da Qualcomm são uma combinação desse núcleo de alto desempenho e baixo consumo de energia, e são projetados com “1 + 3 + 4”, onde “1” representa um núcleo supergrande. Em contrapartida, o primeiro chip Google Tensor, do Google Pixel 6 Pro, utiliza um design “2 + 2 + 4”. O primeiro “2” representa um núcleo supergrande, o que significa que é mais do que o Qualcomm Snapdragon 888. Um núcleo enorme.

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Chip Google Tensor
(Imagem: GizChina/ Divulgação)

Sabe-se que o núcleo supergrande é mais poderoso do que o núcleo grande. Mas, os relatórios vazados acreditam que o chip Google Tensor pode ser mais rápido do que o Snapdragon 888. No entanto, o que é intrigante é que as pontuações single-core e multi-core do Google Pixel 6 Pro ficam atrás das do Snapdragon 888. Especificamente, o chip Google Tensor consiste em dois núcleos supergrandes Cortex-X1, dois núcleos grandes e quatro núcleos pequenos, com frequências de 2,8 GHz, 2,25 GHz e 1,8 GHz, respectivamente.

Por outro lado, os principais processadores, como Qualcomm Snapdragon 888 e Snapdragon 888+, todos têm um super core Cortex-X1. No entanto, o super core X1 do Snapdragon 888+ tem uma frequência mais alta, ultrapassando 3GHz

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Portanto, vale ressaltar que o chip Google Tensor é baseado no processo 5nm da Samsung e será lançado pela série Pixel 6. Segundo anunciado pelo próprio Google, a série Pixel 6 será lançada este ano. Mas, o que nos resta é esperar seu lançamento oficial para ver como o chip Google Tensor se comportará.

*Com informações GizChina*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Google diz que hackers sequestraram canais do YouTube para realizar fraudes de criptomoedas. Entenda o caso

Especulações apontam qual poderá ser o valor do Google Pixel 6 e sua versão Pro. Confira

Google anuncia novo atalho para exibição de arquivos do Drive no Chrome. Confira detalhes sobre a novidade

Google Pixel 6 Pro apresenta novos recursos de câmera, com sensores mais potentes, HDR melhorado, efeitos de pós-processamento, entre outros. Saiba mais

Especulações sugerem que Google Pixelbook 2 terá chip tensor e pode chegar ao mercado em outubro. Entenda

Google lança Chrome 94 e navegador recebe críticas por trazer recurso considerado polêmico para a segurança de usuários. Entenda

Google Fotos aparece com novo visual seguindo a linguagem do design Material You para alguns usuários. Saiba mais

Google apresenta novidades em suas ferramentas de uso profissional para o Workspace, Agenda e Meet. Confira

App do Gmail vai permitir que usuários façam e recebam chamadas do Google Meet. Confira esta e outras do Google

Rumores: Google desenvolve CPUs personalizadas para Chromebook que podem chegar já em 2023. Saiba mais