Projetista-chefe de foguetes chineses divulga plano para acelerar envio de missões tripuladas do país à Lua. Entenda - Programadores Brasil
CiênciaCuriosidades

Projetista-chefe de foguetes chineses divulga plano para acelerar envio de missões tripuladas do país à Lua. Entenda

1 Mins read
Foto: Reprodução/KerbalIX

A China quer acelerar o processo de envio de missões tripuladas à Lua. Para isso, em vez de construir um novo foguete, o país deve utilizar um veículo já existente.

O anúncio dessa nova tática foi feito na última quinta-feira, 2. De acordo com o projetista-chefe dos foguetes Long March, Long Lehao, a China pensa na possibilidade de aproveitar foguetes Long March 5, apenas fazendo algumas atualizações.

O país decidiu adotar essa estratégia, porque deseja realizar o pouso lunar em menos de uma década. Mas, se ainda fosse construir um novo foguete do zero, seria preciso mais tempo.

Isso porque o processo de fabricação e etapas de testes exigem um longo período. Além disso, ao utilizar um veículo já existente, a China pode obter vantagem sobre a Nasa na corrida espacial lunar.

A agência americana, por exemplo, ainda está na fase de testes de seu foguete Sistema de Lançamento Espacial (SLS — Space Launch System) e da espaçonave Orion.

Long March-5
China deve usar dos Long March-5 no envio de missões tripuladas à Lua (Foto: Reprodução/Sapce News)

China deve realizar o envio de missões tripuladas à Lua em dois foguetes

Atualmente, engenheiros chineses trabalham em um foguete superpesado, o Long March-9. No entanto, o veículo não deve ficar pronto para testes até 2030.

Mas, até essa data a Nasa provavelmente já terá enviado astronautas à Lua. Assim, para não ficar para trás, a China deve utilizar dois foguetes Long March-5 para o envio de missões tripuladas à Lua.

Um foquete transportaria um módulo de pouso para a órbita lunar e o outro carregaria os astronautas. Esses precisariam ser transferidos para o módulo de pouso antes de descer e passar seis horas na superfície lunar.

No retorno, o módulo de pouso os conduziria de volta a um dos foguetes. O anúncio de Lehao ​​ainda não recebeu apoio da política espacial oficial, mas a confirmação pode ocorrer em cerca de um mês, durante o Zhuhai Airshow, segundo informações do site The Byte.

 Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Com informações do Olhar Digital


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Applaydu, aplicativo do Kinder Ovo, oferece jogos interativos com experiência de Realidade Aumentada para crianças de 4 a 9 anos. Confira

Especulações sugerem que Google Pixelbook 2 terá chip tensor e pode chegar ao mercado em outubro. Entenda

“Carros voadores elétricos” poderão ser os novos transportes aéreos do Brasil em 2025, anuncia a Gol. Saiba mais 

SpaceX divulga primeira imagem da órbita registrada pela nave da missão Inspiration4. Veja

Samsung Sempre Novo: usuário pode trocar de Galaxy todo ano com plano de assinatura da Samsung, em parceria com a Porto Seguro

Foguete da SpaceX realiza voo orbital, levando quatro civis ao espaço. Saiba mais

Reino Unida inaugura centro de pesquisa dedicado a lixo espacial. Entenda os detalhes

Ultra Silence Force Bluetooth: conheça o novo ventilador da Arno que pode ser controlado pelo celular

Nova tecnologia Qualcomm promete nova experiência de áudio sem perdas nas transmissões via Bluetooth. Confira

Tinker Board 2S: conheça o dispositivo da Asus que vai começar a ser implementado em validadores de ônibus no Brasil até o fim do ano