Governo chinês reduz tempo de games online entre menores de 18 anos e empresas de jogos sofrem com queda em ações. Entenda - Programadores Brasil
Gaming

Governo chinês reduz tempo de games online entre menores de 18 anos e empresas de jogos sofrem com queda em ações. Entenda

2 Mins read

O governo chinês estabeleceu novas regras para reduzir o tempo em que crianças e adolescentes podem jogar games online. Essas medidas, no entanto, acabaram resultando numa queda considerável de ações das principais empresas de jogos da China.

Governo chinês reduz tempo de games online entre menores de 18 anos. (Imagem: Zhang Peng/ LightRocket/ Getty Images)

Veja também: [+] Monitores Gamer com Super Desconto na Amazon. Clique e confira.

A Tecent, dona da Riot Games, por exemplo, caiu mais de 3% logo na abertura da bolsa de Hong Kong, nesta terça-feira (31). Além disso, as negociações da NetEase, segunda maior empresa chinesa de jogos, também despencou cerca de 2,9%.

Para esclarecer, na última segunda-feira (30), o governo chinês havia anunciado que pessoas menores de 18 anos só poderão jogar games online por até três horas semanais. Essa decisão, portanto, acabou reduzindo drasticamente o tempo de até 90 minutos diários que já havia sido implantado em 2019.

Veja também: [+] Monitores Gamer com Super Desconto na Amazon. Clique e confira.

Mas, mesmo que os jogos sejam a maior fonte de receita da NetEase e da Tecent, as novas medidas não devem impactar com tanta força nos lucros a longo prazo. Isso porque as companhias já disseram que seus jogadores mais jovens correspondem apenas a uma pequena parcela da receita.

“Estimamos que cerca de 5% da receita venha de menores de 18 anos. O que pode ter um impacto de cerca de 3% nos lucros para Tencent se assumirmos que os games contribuem com cerca de 60% do lucro total”, relatou o banco de investimento Jefferies.

A Riot Games, criadora do League of Legends, é uma das subsidiárias da empresa de games online, Tencent. (Imagem: Wikimedia/Reprodução)

Veja também: [+] Monitores Gamer com Super Desconto na Amazon. Clique e confira.

Governo chinês vê games online entre público mais jovem como um problema

Não é de hoje que o governo chinês vem tomando medidas com relação ao vício em jogos entre o público mais jovem. Haja visto o controle rigoroso do tempo que as crianças e adolescentes passam à frente de seus games online.

NetEase detém licenças de títulos populares como Overwatch e Minecraft. (Imagem: Blizzard/Divulgação)

Por isso, em 2018, os órgãos regulares da China chegaram a congelar as aprovações de novos lançamentos por muitos meses. Por outro lado, a Tecent e a NetEase tiveram que tomar precauções a fim de restringir a quantidade de tempo em que os menores de idade podem participar de games online.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *