Tesla Model 3 bate em viatura da polícia parada e reacende discussão sobre uso do piloto automático. Confira - Programadores Brasil
Curiosidades

Tesla Model 3 bate em viatura da polícia parada e reacende discussão sobre uso do piloto automático. Confira

2 Mins read
Foto: Reprodução/Olhar Digital

Na madrugada do último dia 28, um Tesla Model 3 bateu na traseira de um carro da polícia parado em um acostamento. De acordo com a polícia, o veículo utilizava o piloto automático.

Essa é uma má notícia para a Tesla. Isso porque a empresa já está sendo investigada por outros 23 acidentes envolvendo o piloto automático. O incidente do último sábado ocorreu em Orlando, Flórida (EUA).

A viatura havia parado em um acostamento para atender um veículo quebrado na estrada, um Mercedes-Benz GLK 350, modelo 2012. O policial ligou as luzes de emergência e saiu do carro.

Pouco antes das 5h da manhã a viatura foi atingida pelo Tesla Model 3, que bateu na lateral da viatura e também atingiu o Mercedes. O policial não foi atingido, mas o motorista do veículo quebrado e do Tesla sofreram ferimentos leves.

Ocorrido com Tesla Model 3 reforça problemas da empresa com as autoridades

Recentemente, dois membros do Senado dos EUA exigiram a investigação da Tesla por propaganda enganosa. A ação cita 11 mortes desde 2018 causadas por veículos no piloto automático.

De acordo com as autoridades, a Tesla e Elon Musk levam os motoristas a acreditarem que seus sistemas são realmente autônomos. Dessa forma, não exigem atenção constante.

Em contrapartida, Musk falou diversas vezes sobre os avanços da Tesla com o piloto automático. Inclusive, o CEO do Tesla Motors já apareceu em vídeos onde demonstra carros andando sozinhos e o sistema de direção da Tesla, o chamado FSD – Full Self Driving (“direção autônoma plena”).

Tesla Model 3, que atingiu uma viatura da polícia, estaria usando piloto automático (Foto: Reprodução/Olhar Digital)

No entanto, há vários casos em que um veículo Tesla bateu atrás de uma viatura da polícia ou dos bombeiros parada e com as luzes de emergência acesas. Especula-se que os acidentes ocorram por conta de um bug no sistema, que faz com que as luzes confundam a Inteligência Artificial e esta apresente falhas na hora de detectar esses veículos.

Em sua defesa, a Tesla apresentou alguns números que confirmam que carros normais cometem 9 vezes mais acidentes que Teslas no piloto automático.

Além disso, Musk destacou que a próxima versão do FSD deve ser muito melhor que a atual, que “não é isso tudo”.

*Com informações do Olhar Digital*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Segundo rumores, Samsung e Tesla estão negociando um contrato para produção de chips do sistema de condução autônoma de carros elétricos

Applaydu, aplicativo do Kinder Ovo, oferece jogos interativos com experiência de Realidade Aumentada para crianças de 4 a 9 anos. Confira

Especulações sugerem que Google Pixelbook 2 terá chip tensor e pode chegar ao mercado em outubro. Entenda

“Carros voadores elétricos” poderão ser os novos transportes aéreos do Brasil em 2025, anuncia a Gol. Saiba mais 

Samsung Sempre Novo: usuário pode trocar de Galaxy todo ano com plano de assinatura da Samsung, em parceria com a Porto Seguro

Ultra Silence Force Bluetooth: conheça o novo ventilador da Arno que pode ser controlado pelo celular

Nova tecnologia Qualcomm promete nova experiência de áudio sem perdas nas transmissões via Bluetooth. Confira

Projetista-chefe de foguetes chineses divulga plano para acelerar envio de missões tripuladas do país à Lua. Entenda

Tinker Board 2S: conheça o dispositivo da Asus que vai começar a ser implementado em validadores de ônibus no Brasil até o fim do ano

Subsidiária da Baidu recebe aporte de US$5,1 bilhões para aprimorar sistemas de Inteligência Artificial da companhia. Confira