Informações sobre um processo judicial da Epic Games mostra programa de benefícios da Google para manter apps na Play Store. Entenda - Programadores Brasil
Curiosidades da Google

Informações sobre um processo judicial da Epic Games mostra programa de benefícios da Google para manter apps na Play Store. Entenda

2 Mins read

Informações sobre um processo da Epic Games contra a Apple e a Google, que estavam parcialmente sob sigilo, acabaram sendo expostas esta semana. O documento mostra a existência de um suposto “programa de benefícios” do Android, até então desconhecido, a fim de evitar processos semelhantes ao que a Epic Games já havia iniciado.

Informações sobre um processo judicial da Epic Games mostra programa de benefícios da Google para manter apps na Play Store. (Imagem: William Joel / The Verge)

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Para esclarecer, o site The Verge apontou que nos relatórios apresentados mostravam a existência de um projeto chamado “Project Hug”, uma estratégia da Google para impedir que outros grandes desenvolvedores de apps da plataforma saiam da loja virtual ou entre com ações judiciais como ocorreu com a desenvolvedora de Fortnite, a Epic Games. Isso porque o jogo havia sido lançado em primeiro lugar fora da Play Store para evitar a cobrança de taxas pelas microtransações.

Portanto, a ideia do suposto Project Hug, que significa justamente “projeto abraçar” na tradução livre, era abraçar essas marcas a partir de negociações por fora que envolviam benefícios e pagamentos às companhias. Então, as empresas Tencent e a Activision-Blizzard foram algumas das contempladas pelo projeto, que até então foi considerado um sucesso pela gigante da web.

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

Em suma, Fortnite entrou nas regras da companhia em abril de 2020. No entanto, após alguns meses a marca processou tanto a Apple quanto a Google em uma ação judicial que ainda está em andamento. Mas, documentos anteriores apontavam que a Google havia tentado invalidar o processo, chegando a considerar a compra de “parte da desenvolvedora ou mesmo sua totalidade”.

Resposta da Google sobre o documento da Epic Games

Em resposta sobre o documento vazado, a Google confirmou que o seu programa de benefícios realmente existe, mas alegou que a prática é um “sinal de competição saudável” entre as plataformas e as lojas de apps, o que acaba gerando melhorias no cenário das desenvolvedoras, como a Epic Games.

Veja também: [+] Cupom de U$100 para criar seu Servidor na Digital Ocean

“A Google Play compete com outras lojas de aplicativos em dispositivos Android e outros sistemas operacionais pelos negócios e a atenção dos desenvolvedores. Nós tivemos programas por muito tempo que apoiavam os melhores desenvolvedores com aprimoramento de recursos e investimentos para ajudá-los a alcançar mais consumidores na Google Play“, explicou a gigante em um comunicado ao site The Verge.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Google Pixel 6 Pro apresenta novos recursos de câmera, com sensores mais potentes, HDR melhorado, efeitos de pós-processamento, entre outros. Saiba mais

Especulações sugerem que Google Pixelbook 2 terá chip tensor e pode chegar ao mercado em outubro. Entenda

Google lança Chrome 94 e navegador recebe críticas por trazer recurso considerado polêmico para a segurança de usuários. Entenda

Google Fotos aparece com novo visual seguindo a linguagem do design Material You para alguns usuários. Saiba mais

Rumores apontam que o chip Google Tensor pode ser ainda mais rápido que o Qualcomm Snapdragon 888. Entenda

Google apresenta novidades em suas ferramentas de uso profissional para o Workspace, Agenda e Meet. Confira

App do Gmail vai permitir que usuários façam e recebam chamadas do Google Meet. Confira esta e outras do Google

Rumores: Google desenvolve CPUs personalizadas para Chromebook que podem chegar já em 2023. Saiba mais

Pixel 6 e Pixel 6 Pro: Google deve lançar seus novos celulares antes do lançamento do iPhone 13, apontam rumores. Saiba mais

LARA 2021: Google abre inscrições do programa de incentivo à pesquisa, que este ano terá foco em diversidade