Spotify e Deezer retiram de todas as playlists editoriais músicas do DJ Ivis após caso de agressão contra ex-esposa. Saiba mais - Programadores Brasil
Entretenimento

Spotify e Deezer retiram de todas as playlists editoriais músicas do DJ Ivis após caso de agressão contra ex-esposa. Saiba mais

1 Mins read

As plataformas de streaming Spotify e Deezer retiraram as músicas de DJ Ivis de todas as suas playlists editoriais. As medidas foram tomadas após vir à tona os vídeos de agressões contra sua ex-esposa, Pamella Holanda.

Imagem de: Músicas do DJ Ivis são excluídas de playlists do Spotify e Deezer
Spotify e Deezer retiram de todas as playlists editoriais músicas do DJ Ivis após caso de agressão contra ex-esposa. (Imagem: Divulgação/ Tecmundo)

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

No entanto, o DJ vinha fazendo sucesso e ganhando destaque nas plataformas de música, com “Probleminha”, que tem parceria com a banda Barões da Pisadinha, e “Galega”, com Zé Felipe. Inclusive, esta chegou a ganhar até capa de playlist “Paredão Explode”, no Spotify, que possui mais de 1 milhão de seguidores.

No dia 8 de julho, a música “Galega” estava em primeiro lugar na playlist “Paredão Explode” e o DJ estampava a capa com o cantor Zé Felipe. (Imagem: Reprodução/Spotify)

Perguntado pelo site do G1, o Spotify apenas confirmou que retirou todas as músicas do agressor de suas playlists, mas não quis comentar mais sobre a situação. O Deezer também informou que removeu todo o destaque do artista, tanto em capas como em suas playlists.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

Em suma, as músicas e o perfil do DJ não foram deletados das plataformas, permanecendo em listas criadas pelo usuário. Mas, muitos colaboradores da música, como os Barões da Pisadinha, Zé Felipe e Latino, falaram sobre o assunto e se posicionaram contra a atitude do DJ, demitido pela produtora de Xand Avião.

Apelos de internautas pedem que os ouvintes parem de ouvir qualquer conteúdo relacionado ao agressor, enquanto este, infelizmente, ainda ganhou seguidores nas redes sociais mesmo após a denúncia. No entanto, o processo continua em andamento na delegacia de Eusébio, em Fortaleza, onde houve o crime.

Por fim, em caso de violência doméstica, ligue 180 e denuncie!


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *