Open Banking: Banco Central adia 2° fase, que iniciaria nesta quinta-feira, para meados de agosto. Entenda - Programadores Brasil
Curiosidades

Open Banking: Banco Central adia 2° fase, que iniciaria nesta quinta-feira, para meados de agosto. Entenda

2 Mins read
Banco Central

A segunda fase do Open Banking, prevista para esta quinta-feira, 15, iniciará no dia 13 de agosto. A iniciativa do Banco Central do Brasil, também conhecida como Sistema Financeiro Aberto, tem como objetivo oferecer melhores taxas e serviços financeiros à população.

De acordo com o Banco Central, o adiamento foi feito a pedido das instituições financeiras participantes do programa. As parceiras precisam de um prazo maior para finalizar os testes de implementação da nova tecnologia.

“Dado que as instituições participantes estão finalizando os testes para a obtenção de certificações para homologação e registro de APIs, o Banco Central decidiu nesta data alterar o cronograma do início do lançamento da Fase 2 do projeto”, declarou o órgão.

Basicamente, o Open Banking funciona como um sistema de compartilhamento de dados, informações e serviços financeiros por clientes bancários em plataformas de tecnologia. No entanto, para que ocorra a troca de informações é necessária uma autorização do cliente.

 Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

Entenda como funcionará todas as fases do Open Banking

A primeira fase do Open Banking teve início em fevereiro. Na época, foram fornecidas as condições necessárias para a criação de modelos de negócios e serviços que facilitem aos clientes comparar diferentes produtos e serviços financeiros disponíveis para contratação.

Nesta segunda fase as instituições já passariam a compartilhar informações de cadastro de clientes e representantes. Além de dados de transações de clientes, referentes aos produtos e serviços relacionados na Fase 1.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

Segundo o cronograma oficial, ainda haverá mais duas fases de implementação do sistema. Mas, o Banco Central ainda não informou se haverá alteração nas datas previstas ou não. Até o momento, está estabelecido o seguinte calendário:

  • 30 de agosto – Fase 3: nessa etapa será feito o compartilhamento do serviço de iniciação de transação de pagamento entre instituições participantes. Além disso, iniciará o serviço de encaminhamento de proposta de operação crédito entre instituição financeiras e correspondentes no país eventualmente contratados para essa finalidade;
  • 15 de dezembro – Fase 4: etapa em que iniciará a expansão do escopo de dados para abranger, entre outros, operações de câmbio, investimentos, seguros e previdência complementar aberta. Nesse caso serão abrangidos os dados acessíveis ao público e de transações compartilhados entre instituições participantes.

*Com informações do Olhar Digital*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Quer ouvir música no YouTube e mexer no celular aos mesmo tempo? Descubra como

Quer baixar áudios do YouTube? Veja 5 maneiras de fazer o download dos seus conteúdos de forma simples e gratuita

Milhares de pedidos são cancelados em rede de supermercado online após incêndio gerado por robôs. Saiba mais

Japão bate recorde mundial de velocidade de internet ao atingir 319 Tbps combinando minerais de terras raras, fibra óptica e sofisticado sistema de laser. Saiba mais

Entenda como o LuizaLabs investe na contratação e formação de profissionais de TI e as ações adotadas na empresa para fortalecer sua atuação no setor

Brasileiros usam memes para evitar brigas sobre política em grupos de WhatsApp, diz pesquisa. Confira

Uber Chip alcança cobertura em todo território nacional, com planos a partir de R$20 mensais. Veja a novidade

Serviço de Segurança da Ucrânia descobre uso ilegal de mais de 5 mil PS4 Pros em fazenda de mineração. Entenda

Justiça condena Dell a pagar R$ 10 milhões por assédio moral aos funcionários, mas empresa nega acusações e diz que vai recorrer. Entenda

Amazon investe em mil caminhões de direção autônoma para agilizar serviço de entregas. Confira a novidade