OnePlus é acusada de manipular resultados de seus testes de benchmark e dispositivos são retirados da lista do Geekbench. Saiba mais - Programadores Brasil
Celulares e Smartphones

OnePlus é acusada de manipular resultados de seus testes de benchmark e dispositivos são retirados da lista do Geekbench. Saiba mais

2 Mins read

A OnePlus foi acusada de manipular os resultados de seus testes de benchmark, segundo um relatório publicado pelo Anandtech. O site especializado descobriu que o OnePlus 9 series foi encontrado usando ajustes antiéticos para ajudar o dispositivo a ter um melhor desempenho nas pontuações de benchmark.

OnePlus é acusada de manipular resultados de seus testes de benchmark e dispositivos são retirados da lista do Geekbench. (Imagem: Anandtech)

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

O que descobriu-se então foi que o OnePlus 9 Pro e o OnePlus 9 estavam limitando certos aplicativos para usar todos os recursos da CPU, resultando em desempenho limitado, enquanto esses dispositivos permitiriam acesso irrestrito aos aplicativos de benchmarking.

Tudo isso, por sua vez, resultou em ótimas pontuações em apps, como o Geekbench, uma vez que o Snapdragon 888 é de fato um dos chipsets móveis mais poderosos. No entanto, mesmo tarefas básicas como navegar na internet podem não funcionar de forma mais eficiente. Citando isso, Geekbench retirou toda a série OnePlus 9 de sua plataforma.

Mas, o Geekbench disse que também testará outros dispositivos OnePlus em seu laboratório para verificar se a empresa tentou manipular artificialmente as pontuações do benchmark.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

O Chrome no OnePlus 9 Pro pontuou 16 e 19,99 no Velocímetro 2.0 e Jetstream 2, enquanto o Google Pixel 4, que vem com um chipset Snapdragon 765G menos poderoso, pontuou 48,7 e 55,50 nos mesmos testes.

No entanto, no relatório publicado encontrou-se vários trechos de código nos logs, sugerindo que o fabricante chinês de smartphones estaria bloqueando deliberadamente o desempenho do Chrome, Twitter e outros aplicativos populares como Facebook, Zoom, Whatsapp, Tiktok, Instagram, Snapchat, Reddit, Amazon, Linkedin, Discord, Netflix Candy crush saga, Adobe LightRoom Mobile, Dropbox, Mozilla, Twitch, Brave Browser, PokemonGo, Adobe Scan, VLC, Strava, Airbnb, Ubercab, todo o pacote Microsoft Office e muito mais.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

Lista negra do OnePlus

Segundo a Anandtech, pode haver muito mais aplicativos na lista negra do OnePlus. Ela afirmou que, ao diminuir o desempenho da maioria dos aplicativos populares, a empresa deseja estender o backup da bateria do telefone. Isso, no entanto, torna as pontuações de benchmark inúteis, uma vez que os ajustes favorecem especificamente os aplicativos de benchmark.

Da última vez, quando OnePlus e Meizu foram pegos falsificando as pontuações de benchmark, os dispositivos de ambas as empresas foram ajustados para mostrar pontuações ligeiramente mais altas. Mas, embora a OnePlus tenha reconhecido isso e prometido uma solução, parece que a empresa não aprendeu com seus atos anteriores.

*Com informações TechRadar*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Black Friday 2021: veja a lista com opções de smartphones que apresentam bom custo-benefício

Especulações apontam qual poderá ser o valor do Google Pixel 6 e sua versão Pro. Confira

União Europeia pode forçar Apple a Adotar o USB-C como porta padrão de carregamento. Entenda.

Samsung deve alterar lançamento do Galaxy S22 para apresentar antes Galaxy S21 FE. Saiba mais

iPhone 14: novo rumor aponta que aparelho pode ter capacidade de armazenamento de até 2TB. Entenda

Novo intermediário da Samsung, Galaxy F42 5G será lançado com câmera de 64 MP, até 8 GB de RAM e com expansão de memória interna de até 1 TB. Saiba mais

Análise aponta que iPhone 13 usa memória RAM da geração passada. Entenda quais motivos podem ter levado a essa decisão

Fairphone 4: Vazamento sugere que novo celular sustentável será lançado em breve com conectividade 5G, Snapdragon 750G, da Qualcomm, e até 128 GB de armazenamento interno. Confira

iPhone 14: próxima geração de smartphones Apple deve apresentar mudança "radical" no design, palpitam analistas

Novo Realme C21Y possui suporte a NFC, tela de 6,5”, Android 11, bateria de 5.000 mAh e pode custar menos de R$ 1 mil. Confira