Linux Mint 20.2 é lançado oficialmente com suporte estendido, ambiente Cinnamon 5.0 e melhorias em diversas funcionalidades. Confira - Programadores Brasil
LinuxSistemas Operacionais

Linux Mint 20.2 é lançado oficialmente com suporte estendido, ambiente Cinnamon 5.0 e melhorias em diversas funcionalidades. Confira

2 Mins read

Agora é oficial! Foi lançado o Linux Mint 20.2 “Uma”. Dentre os novos recursos, destacam-se o ambiente desktop Cinnamon 5.0, o aplicativo de notas Sticky Notes, e outros.

Apesar de trazer novidades, o Linux Mint 20.2 não apresenta grandes mudanças, comparado à versão anterior. Pode-se dizer que a nova versão é uma espécie de repaginada da lançada no início de 2021, a Linux Mint 20.1.

O Linux Mint 20.2, assim como seu antecessor, é baseado no Ubuntu 20.04 LTS. Além disso, conta com o Kernel Linux 5.4. Porém, também é possível instalar as versões 5.8 e 5.11.

Outro quesito é em relação ao suporte da nova versão Linux, que ficará vigente até 2025. Isso porque a distribuição é baseada em uma versão LTS (Long Term Support) do Ubuntu.

Não se pode deixar de mencionar a grande novidade do Linux Mint 20.2: o Cinnamon 5.0. Em relação ao visual, o ambiente de desktop não apresenta grandes alterações, porém chega com a promessa de consumir menos RAM.

Ainda vale destacar que o usuário pode definir o limite de memória com a qual o Cinnamon deve trabalhar.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Conheça outras novidades do Linux Mint 20.2 que facilitam a vida do usuário

A nova versão do Linux apresenta o Nemo, um gerenciador de arquivos do ambiente. O recurso foi aprimorado para facilitar as pesquisas dos usuários. Entre as novas funcionalidades, estão o suporte a expressões regulares e exibição de arquivos favoritos.

Já em relação aos aplicativos, o destaque é o Sticky Notes. A ferramenta para notas suporta múltiplos adesivos, além do usuário poder explorar fundos com cores diferentes e outras funcionalidades.

Os desenvolvedores do Linux Mint 20.2 ainda destacam o Bulky, software que permite a renomeação de arquivos em lote. E ainda a nova versão do Warpinator, ferramenta para transferência de arquivos, que inclusive traz suporte ao Android.

A ferramenta de atualização, Update Manager, ficou mais flexível nas notificações. Agora, o usuário consegue configurar os períodos de aviso de updates disponíveis ou definir quais tipos de notificação são relevantes. Vale lembrar que, por padrão, a ferramenta alerta apenas sobre atualizações de segurança ou no kernel.

Os links para baixar o Linux Mint 20.2 estão disponíveis no site oficial da distribuição. Os usuários podem acessar a versão com Cinnamon, além de opções de download baseadas nos ambientes de desktop Mate ou Xfce.

Em todos os casos, o arquivo de instalação conta com, aproximadamente, 2 GB. Aqueles que já usam o Linux Mint podem fazer apenas o Update Manager para instalar a nova versão.

Veja também: [+] Pacote Python Faixa preta para iniciantes.

*Com informações do Tecnoblog*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Aplicativos são removidos da Play Store após Google identificar roubo de informações de usuários, como o login do Facebook. Entenda

A partir de agosto, Google adotará novo formato para aplicativos disponibilizados na loja oficial do Android. Confira a novidade

Kernel Linux 5.13 é lançado com suporte para chips M1 da Apple e mais segurança. Saiba mais

Primeira versão beta do Windows 11 deve ser liberada para desenvolvedores ainda esta semana, mas ainda sem funcionalidade que permite rodar apps do Android. Entenda!

Google lança versão Beta 2.1 do Android 12, que chega ao mercado para corrigir diversos bugs no sistema. Confira

Google disponibiliza 2º beta do Android 12 com novos recursos de privacidade, interface redesenhada e outras funcionalidades. Confira

Após novas políticas de privacidade do IOS 14.5, Apple perde anunciantes para o Android. Entenda

[Linux - Dica] Como instalar o Wine e Rodar Programas Windows no Linux

Samsung participa da criação do Fuchsia OS, novo sistema operacional da Google que pode substituir Android futuramente. Entenda

[Linux - Ubuntu] Boot Repair - Veja como Corrigir Problemas na Inicialização do Sistema