Hacker afirma a jornal que vazou dados do LinkedIn apenas por diversão. Confira - Programadores Brasil
Segurança Digital

Hacker afirma a jornal que vazou dados do LinkedIn apenas por diversão. Confira

2 Mins read

Um hacker autodenominado de “Tom Liner” revelou que roubou informações de mais de 700 milhões de usuários do LinkedIn por diversão. A afirmação foi feita durante uma entrevista dada à BBC News. Portanto, este número representa 93% do total de perfis que a rede social possui. E eles estavam sendo oferecidos em um fórum de hackers na internet por US$ 5 mil.

Hacker afirma a jornal que vazou dados do LinkedIn apenas por diversão. (Imagem: Getty Images)

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

No entanto, o cibercriminoso declarou pelo Telegram que hackeou a interface de programação (API) do LinkedIn para tirar informações, utilizando uma técnica que é conhecida como data scraping (ou raspagem de dados), sem que a plataforma consiga bloquear as tentativas ou banir o usuário definitivamente.

Inclusive, a mesma técnica foi aplicada por Liner com o objetivo de obter informações de usuários do Facebook. Ele ainda se responsabilizou pela extração de 533 milhões de perfis da gigante das redes sociais, em abril.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Polêmicas de API

Existe uma polêmica em volta da extração de dados pela API. O termo significa interface de programação de aplicativos, e a maioria das redes sociais vende parcerias de API, que permitem que outras empresas acessem seus dados, talvez para fins de marketing ou para a construção de aplicativos.

Liner disse que encontrou uma maneira de enganar o software API do LinkedIn para dar a ele uma enorme tranche de registros sem disparar alarmes. No entanto, os defensores da atividade argumentam que só acessam os dados disponíveis publicamente de maneira eficiente. Mas a prática é considerada um abuso de ferramentas destinadas a outros objetivos.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Crime por diversão 

É considerado crime a extração de dados sem que haja autorização dos usuários. Além disso, a venda das informações da internet também é considerada crime de roubo de propriedade intelectual ou violação dos direitos autorais.

Divirta-se”, foi o que Tom Liner disse ao encerrar a entrevista ao jornal, quando foi questionado se ele estava preocupado em ser preso. O hacker ainda desafiou as autoridades dizendo que ninguém conseguiria encontrá-lo.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *