Grupo Bitcoin Banco é suspeito de desviar R$ 1,5 bilhão que seria destinado a negociações com criptomoedas e PF investiga o caso. Entenda - Programadores Brasil
Criptomoedas

Grupo Bitcoin Banco é suspeito de desviar R$ 1,5 bilhão que seria destinado a negociações com criptomoedas e PF investiga o caso. Entenda

2 Mins read

O grupo, chamado Bitcoin Banco, suspeito de desviar mais de R$ 1,5 bilhão das contas de 7 mil clientes em negociações com criptomoedas, foi alvo de uma operação da Polícia Federal (PF) no início da semana. A Operação Daemon, que contou com cerca de 90 policiais, cumpriu um mandado de prisão preventiva, quatro mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão, em Curitiba, onde a empresa atuava.

Mas, mesmo que a PF não tenha confirmado o nome da empresa, o Portal do Bitcoin apurou que o alvo das operações policiais e das ordens judiciais expedidas pela 23ª Vara Federal de Curitiba é realmente o grupo Bitcoin Banco. Inclusive a companhia também foi responsável por uma fraude a clientes ainda em 2019. Na época, ela bloqueou os saques dos clientes alegando que teria sofrido um ataque hacker, e portanto, nunca devolveu o dinheiro depositado. O portal de notícias informou ainda que o criador da empresa de criptomoeda, Claudio Oliveira, e sua esposa foram presos.

Imagem de: Polícia Federal investiga Bitcoin Banco por desvio de R$ 1,5 bilhão
Grupo Bitcoin Banco é suspeito de desviar R$ 1,5 bilhão que seria destinado a negociações com criptomoedas e PF investiga o caso. (Imagem: Reprodução/ Youtube)

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

No entanto, o grupo chegou a pedir recuperação judicial no mesmo ano, e continuou descumprindo as normas e ofertando investimentos sem que houvesse registro junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo as investigações da PF, a Operação Daemon estaria apurando a prática de crimes falimentares, estelionato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Além disso, a investigação também busca delitos contra a economia popular e o Sistema Financeiro Nacional. Mas, há suspeita de que o investigado também tenha cometido crimes fora do Brasil, como nos EUA e na Europa.

Então, para continuar praticando seus crimes com negociações falsas de criptomoedas, os investigados usavam a imagem para promover o sucesso do grupo, exibindo poses, veículos de luxo, além de realização de eventos. Depois disso, a PF descobriu que o líder do grupo já tinha sido condenado na Suíça por estelionato. Além disso, o juiz falimentar também conseguiu ser enganado ao ser apresentado a uma carteira de bitcoin falsa como garantia dos compromissos.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Portanto, as ordens judiciais cumpridas em Curitiba pretendem não só interromper as ações criminosas, mas também esclarecer quem são os responsáveis por cada crime apurado na investigação. E por fim, tentar fazer um rastreamento patrimonial que permita reparação, ainda que parcial, de todos os danos que as vítimas sofreram ao investir em criptomoedas falsas.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

O que é uma CBDC? Saiba para que serve, como funciona e sobre o andamento da implementação da Central Bank Digital Currency nos países

Um milhão de plataformas de mineração de Bitcoin de empresa chinesa serão movidas para o Canadá nos próximos 24 meses. Entenda

Homem joga no lixo, por engano, HD com R$ 1 bilhão em bitcoins armazenados e tem novo plano de buscas. Entenda

Mercado Bitcoin, primeira empresa de troca de criptomoedas do Brasil, levanta US$200 milhões em rodada de investimentos. Saiba mais

Banco Mundial recusa apoio na implementação do Bitcoin como uma das moedas oficiais de El Salvador. Entenda

Relatório aponta que 25% de todas as GPUs de gama alta e média produzidas no mundo, no primeiro trimestre de 2021, foram consumidas por mineradores e especuladores de criptomoedas. Saiba mais

Bitcoin: seguindo tendência norte americana, empresas brasileiras iniciam investimentos na criptomoeda, ainda que a passos lentos. Entenda!

Elon Musk anuncia que Tesla voltará a aceitar bitcoins e valor da criptomoeda sobe novamente. Entenda

Especialista em criptomoeda prevê última queda do Bitcoin para o dia 13 de junho e alerta investidores. Entenda

Bitcoin se torna moeda oficial de El Salvador e cotação fica em alta no mercado. Confira