Uber adquire os 47% restantes da startup chilena de entrega de alimentos, Cornershop, em um negócio de US$1,4 bilhão. Confira - Programadores Brasil
Curiosidades

Uber adquire os 47% restantes da startup chilena de entrega de alimentos, Cornershop, em um negócio de US$1,4 bilhão. Confira

2 Mins read

Agora é oficial! A startup chilena de entrega de alimentos Cornershop pertence integralmente à Uber. A informação foi divulgada pela empresa de transporte de passageiros na última segunda-feira, 21.

A aquisição dos 47% que faltavam para que a Uber tivesse a totalidade da participação da Cornershop saiu por mais de 1,4 bilhão. O pagamento será feito por meio de ações da Uber, sendo cada ação cotada no valor de US$49,31.

Os outros 53% já haviam sido adquiridos em 2019, apesar da confirmação do negócio só ter saído no terceiro trimestre do ano passado. Isso porque apesar da negociação ter sido concretizada entre as partes, a operação ainda dependia da aprovação das autoridades regulatórias.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

A startup chilena de entrega de alimentos está presente, além do Chile, em países como: Brasil, Canadá, Colômbia, Costa Rica, México, Estados Unidos e Peru.

“Hoje, estamos anunciando que a Uber vai adquirir 100% da Cornershop. Estou muito orgulhoso de que nos tornaremos uma parte essencial da plataforma e da missão de tecnologia global da Uber”, publicou o CEO e cofundador da Cornershop, Oskar Hjertonsson, no último dia 21 em sua conta oficial do Twitter.

Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

Cornershop
Pagamento da aquisição será feito por meio de ações da Uber (Foto: Asserj)

Uber vai reforçar seus serviços de entrega de alimentos, com a aquisição da startup Chilena

Com o fechamento do negócio, tanto Hjertonsson, quanto Daniel Undurraga, também cofundador da startup chilena, vão receber 29 milhões de papéis da empresa de transporte de passageiros.

O principal objetivo da Uber com a aquisição integral da Cornershop é reforçar seus serviços de delivery de comida no app. Essa modalidade têm ajudado a equilibrar o caixa da empresa, considerando a baixa nos pedidos de transporte de passageiros.

Só no primeiro trimestre deste ano o prejuízo da companhia ficou em US$108 milhões. A Uber acumulou apenas US$852 milhões durante o período com o transporte de passageiros, valor bem abaixo dos US$2,4 bilhões alcançados no mesmo período do ano passado.

Veja também: Zé Delivery tem vagas para profissionais das áreas de tecnologia. Confira

Já o bom desempenho do serviço de delivery da companhia foi essencial para evitar maiores prejuízos. A companhia garantiu uma receita de US$1,7 bilhão com o delivery, que teve uma alta de 230% ao ano.

A perpectivas é de que com a aquisição total da Cornershop, os resultados sejam ainda mais satisfatórios, considerando o sucesso do lançamento da parceria entre as empresas aqui no Brasil em 2020.

*Com informações Olhar Digital*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *