Electronic Arts sofre ataque de hackers, que roubam código-fonte de jogos como “FIFA” e “The Sims”. Saiba mais - Programadores Brasil
Gaming

Electronic Arts sofre ataque de hackers, que roubam código-fonte de jogos como “FIFA” e “The Sims”. Saiba mais

2 Mins read

Hackers invadiram a gigante dos games, Electronic Arts (EA), desenvolvedora de jogos como “Battlefield”, “FIFA” e “The Sims”, nesta quinta-feira (10), e roubaram uma grande quantidade de código-fonte dos jogos. No entanto, a companhia disse que informações de jogadores não foram comprometidas com o ataque.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Electronic Arts sofre ataque de hackers, que roubam código-fonte de jogos como “FIFA” e “The Sims”. (Imagem: Divulgação/EA)

“Vocês têm capacidade total de exploração em todos os serviços da EA”, afirmaram os hackers em várias postagens em fóruns clandestinos. O objetivo dos criminosos era, portanto, vender o pacote de dados

No entanto, nessas postagens do fórum, os hackers disseram que pegaram o código-fonte do FIFA 21 , bem como o código do servidor de matchmaking. Além disso, disseram que obtiveram o código-fonte e ferramentas para o motor Frostbite, que alimenta uma série de jogos da EA, incluindo Battlefield

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Outras informações roubadas incluem estruturas de propriedade da EA e kits de desenvolvimento de software (SDKs), pacotes de código que podem tornar o desenvolvimento de jogos mais simplificado. 

Ao todo, os hackers dizem ter 780 GB de dados e os estão anunciando para venda em várias postagens de fóruns. 

“Estamos investigando um incidente de intrusão em nossa rede na qual uma quantidade limitada de códigos-fonte de jogos e ferramentas relacionadas foram roubadas”, disse um porta-voz da empresa. “Nenhum dado dos jogadores foi acessado e não temos razões para acreditar que haja riscos para a privacidade deles”, completou.

Junto com suas postagens no fórum, os hackers compartilharam uma pequena seleção de capturas de tela alegando demonstrar seu acesso aos dados da Electronic Arts, mas não distribuíram publicamente nenhum dos dados internos em si. 

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

Em vez disso, os hackers estão, pelo menos ostensivamente, tentando vender as informações. “Apenas membros sérios e de reputação, todos os outros, serão ignorados”, escreveram os hackers em sua postagem.

Segundo o portal Data Breaches, os hackers estão usando os dados roubados para promover o lançamento de um novo site de vazamentos. O grupo pretende, então, para quem fizer uma doação “ao fundo”, cuja meta é US$ 10 mil, fazer com que os materiais se tornem públicos e fornecer senhas de diferentes arquivos.

*Com informações, Motherboard*


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *