Procon-SP notifica Peixe Urbano após site ficar fora do ar e sumiço do CEO. Entenda - Programadores Brasil
Curiosidades

Procon-SP notifica Peixe Urbano após site ficar fora do ar e sumiço do CEO. Entenda

1 Mins read
O Procon-SP quer saber onde está o chileno Nicolás Leonicio, CEO do Peixe Urbano, que sumiu em meio a falência da empresa sem dar satisfações nem mesmo ao escritório de advocacia que defende a marca no MPT. Entenda o caso.

Na última sexta-feira (7), o Procon-SP notificou o site de cupons e descontos Peixe Urbano para saber o paradeiro do CEO da empresa. A notificação chega após meses do site fora do ar, acúmulo de reclamações de usuários da plataforma e sumiço do executivo responsável.

Veja também: [+] Compre seu Apple Watch com super desconto na Amazon.

O Peixe Urbano já está fora do ar desde 28 de Janeiro por, de acordo com O Globo, dever os seus servidores de hospedagem. Ainda segundo o jornal, a empresa mantinha cerca de R$ 50 milhões em dívidas.

O problema é que centenas de clientes vem registrando reclamações sobre não conseguir acessar o serviço para resgatar seus vouchers comprados. O site Reclame Aqui já acumula 2.400 queixas da plataforma, o que a fez receber a tarja de “empresa não recomendada”.

Peixe urbano
A sede do Peixe Urbano em Florianópolis já é alvo de ação de despejo

Veja também: [+] Compre seu Apple Watch com super desconto na Amazon.

Além disso, ainda em Janeiro, grande parte dos funcionários da empresa foram despedidos sem pagamento de rescisão e parceiros e fornecedores não estavam mais recente repasses – um problema que já perdurava desde 2019 e se agravou durante a pandemia em 2020. Por fim, em Março, o restante do pessoal também foi demitido e sem receber os salários em atraso.

Em contrapartida, o CEO da empresa, o chileno Nicolás Leonicio, simplesmente desapareceu, deixando até mesmo de responder aos e-mails do escritório de advocacia que representava o Peixe Urbano no Ministério Público do Trabalho (MPT).

Veja também: [+] Compre seu Apple Watch com super desconto na Amazon.

O Procon-SP declarou que está notificando a empresa a fim de “obter informações sobre o responsável pela empresa de serviços digitais, tais como telefone, endereço comercial e eletrônico, além de proposta para atendimento das queixas registradas por consumidores”.

Com informações: o Goblo


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *