Veja Como Instalar Wine no Ubuntu via Terminal - Programadores Brasil
LinuxTutoriais para LinuxTutoriais para Utilitários

[Linux – Dica] Como instalar o Wine e Rodar Programas Windows no Linux

2 Minutos de Leitura

Muitos de nós usuários Linux dificilmente não precisamos, ao menos uma vez na vida, rodar um programa Windows no Linux. Para isso, existe um programa chamado Wine, que te possibilita executar programas Windows no seu Linux. Hoje vamos ver um pouquinho como Instalar o Wine no Ubuntu.

O que é o Wine?

O Wine é um software de código aberto (open source) e seu código-fonte está disponível para download em seu site oficial. Você também pode usar o gerenciador de pacotes para instalar o Wine no Ubuntu. De forma geral, o Wine é uma implementação de código aberto da API do Windows e sempre será um software livre. Aproximadamente metade do código-fonte é escrito por seus voluntários, e o esforço restante é patrocinado por interesses comerciais, especialmente CodeWeavers.

Um repositório PPA oficial está disponível para instalar o Wine em sistemas Ubuntu. Você só precisa habilitar o PPA em seu sistema Ubuntu e instalar os pacotes Wine mais recentes usando apt-get.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Como Instalar o Wine no Ubuntu (Etapa 1 - Configurar PPA)

Este tutorial descreveu como instalar o Wine no Ubuntu 18.04 LTS Linux.

Como Instalar o Wine no Ubuntu (Etapa 1 – Configurar PPA)

Em primeiro lugar, se você estiver executando um sistema de 64 bits, habilite a arquitetura de 32 bits. Além disso, instale a chave que foi usada para assinar os pacotes do wine.

sudo dpkg --add-architecture i386
wget -qO - https://dl.winehq.org/wine-builds/winehq.key | sudo apt-key add -

Use um dos seguintes comandos para habilitar o repositório Wine apt em seu sistema com base em seu sistema operacional e versão.

### No Ubuntu 19.10 
sudo apt-add-repository 'deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ eoan main'

### No Ubuntu 18.04 
sudo apt-add-repository 'deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ bionic main'
sudo add-apt-repository ppa: cybermax-dexter/sdl2-backport

### No Ubuntu 16.04 
sudo apt-add-repository 'deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ xenial main'

Como instalar o Wine no Ubuntu – Etapa 2

Use os comandos abaixo para instalar os pacotes Wine do repositório apt. A opção –install-recommends instalará todos os pacotes recomendados pelas versões estáveis ​​do winehq em seu sistema Ubuntu.

sudo apt update
sudo apt install --install-recommends winehq-stable

Se você enfrentar erros de dependências não atendidas durante a instalação, use os seguintes comandos para instalar o winehq usando o aptitude.

sudo apt install aptitude
sudo aptitude install winehq-stable

Etapa 3 – Verifique a versão do Wine

A instalação do Wine foi concluída com sucesso. Use o seguinte comando para verificar a versão do wine instalada em seu sistema.

wine --version

Como usar o Wine (opcional)?

Para usar o Wine, precisamos fazer o login na área de trabalho GUI do seu sistema Ubuntu. Depois disso, baixe um arquivo .exe do Windows como PuTTY em seu sistema e abra-o com o Wine conforme a captura de tela abaixo ou use o seguinte comando.

wine putty.exe

Você também pode iniciar clicando com o botão direito do mouse no aplicativo e clicando em Abrir com o programa Wine Windows, conforme mostrado na captura de tela abaixo.

Veja também: [+] 4 Dicas de Como Escolher Os Melhores Cursos de Programação.

Pronto, agora você estará com o Wine instalado no Linux e poderá usar seus programas que antes só funcionavam no Windows! Você é daqueles(as) que gosta de instalar os programas do Ubuntu via Terminal? Confira o nosso guia de Como instalar o Google Chrome no Ubuntu via Terminal.

Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui embaixo nos comentários!


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Sobre o Autor(a)
Criador do Programadores Brasil e do Galinha Programadora. Sou deficiente físico (não tenho os dois braços), desenvolvedor de sistemas há 9 anos e apaixonado por programação. Tenho um pézinho no Jornalismo (sem qualquer trocadilho rs).

1 comentário

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *