Segway apresenta sua primeira motocicleta híbrida com motor elétrico movido a hidrogênio. Confira - Programadores Brasil
Curiosidades

Segway apresenta sua primeira motocicleta híbrida com motor elétrico movido a hidrogênio. Confira

1 Mins read

A Segway-Ninebot apresentou sua primeira motocicleta de sistema híbrido com motor elétrico e movido a hidrogênio. O anúncio da Segway APEX H2 foi nesta quarta-feira (7), na China, e já está disponível para reserva no site da empresa.

Veja também: [+] Pacote Full Stack para Iniciantes em Programação.

No entanto, a fabricante chinesa afirmou que a nova tecnologia tem o objetivo de ajudar o país de origem a atingir a meta de “autonomia do carvão” e também de explorar novas energias limpas

Segway apresenta sua primeira motocicleta híbrida com motor elétrico movido a hidrogênio. (Imagem: Segway/Divulgação)

Características da motocicleta Segway APEX H2

A motocicleta é um upgrade do modelo anterior, lançado no final de 2019. Mas, o design da nova Segway APEX H2 é futurista e passa a impressão de que as rodas estão flutuando. Além disso, a moto pode atingir 60 kW e ir de 0 a 100 Km/h em apenas quatro segundos. No entanto, a velocidade máxima do modelo chega a 150 Km/h. Portanto, os pilotos podem utilizar o veículo também em rodovias.

Veja também: [+] Pacote Full Stack para Iniciantes em Programação.

Outra novidade sobre a moto híbrida são os botijões de hidrogênio, que poderão ser trocados ou reutilizados. Ou seja, essa possibilidade diminuiria o tempo necessário de recarga se comparado a uma moto elétrica convencional, onde o veículo sob duas rodas exigiria uma infraestrutura para que fosse trocado um botijão a cada viagem, por exemplo.

Preço 

A moto pode atingir 60 kW e pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas quatro segundos. (Imagem: Segway/Divulgação)

Veja também: [+] Pacote Full Stack para Iniciantes em Programação.

A motocicleta Segway APEX H2 está valendo cerca de US$ 10.700, ou R$ 59 mil, na conversão atual. A moto, portanto, já pode ser reservada através do site da fabricante. Por fim, a companhia sugeriu que até 2023 também pretende produzir uma bicicleta híbrida.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *