Versão gratuita do Google Meet terá chamadas de voz e vídeo ilimitadas, com duração máxima de 24 horas, até junho de 2021. Confira - Programadores Brasil
Curiosidades da Google

Versão gratuita do Google Meet terá chamadas de voz e vídeo ilimitadas, com duração máxima de 24 horas, até junho de 2021. Confira

1 Mins read

Usuários do Google Meet vão poder fazer chamadas de voz e vídeo ilimitadas, gratuitamente, até junho. O anúncio foi feito pela própria Google, no perfil do Workspace, no Twitter, nesta terça-feira (30). A Gigante informou que o serviço de videoconferências estará disponível na conta do Gmail para ligações de até 24 horas até o novo período divulgado.

Versão gratuita do Google Meet terá chamadas de voz e vídeo ilimitadas, com duração máxima de 24 horas, até junho de 2021. (Imagem: André Fogaça /Tecnoblog)

Veja também: [+] Compre seu Macbook Air com super Desconto na Amazon

Anteriormente, o benefício estava previsto para encerrar em março de 2021. Na rede social, a empresa avisou que manterá as chamadas ilimitadas na versão gratuita do Meet até junho. Então, o tweet chegou perto do dia em que o limite de 60 minutos seria aplicado na versão gratuita.

No entanto, em setembro de 2020, o Google adiou a retirada das ligações gratuitas de até 24 horas do Google Meet. Mas, antes disso, em abril, o Google anunciou que iria aplicar a restrição em 30 de setembro. 

Veja também: [+] Compre seu Notebook com super Desconto na Amazon.

“Como prevemos uma temporada de férias com menos viagens e marcos importantes como reuniões de família, reuniões de pais e professores e casamentos hospedados por vídeo, queremos continuar ajudando aqueles que dependem do Meet para manter contato nos próximos meses”, afirmaram em setembro de 2020.

Portanto, com a nova mudança no prazo, quem já possui conta no Gmail vai continuar fazendo chamadas de voz e vídeo através da plataforma por até 24 horas. O período valerá até junho de 2021. Mas, por enquanto, ainda não se sabe se o benefício poderá ser prolongado mais uma vez, futuramente.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *