Em recuperação judicial, Oi vende seus data centers por R$325 milhões à Piemonte Holding. Entenda - Programadores Brasil
Curiosidades

Em recuperação judicial, Oi vende seus data centers por R$325 milhões à Piemonte Holding. Entenda

2 Mins read

A Oi informou nesta segunda-feira (15) que concluiu a venda da Unida Produtiva Isolada Data Centers (UPI), na última sexta-feira (12). Quem fez a compra foi a instituição financeira Piemonte Holding. A transferência dos cinco data centers da UPI para o Titan Venture Capital foi, definitivamente, selada. Este fundo, portanto, agora pertence à Piemonte.

Veja também: [+] Pacote Python Faixa preta para iniciantes.

Em recuperação judicial, Oi vende seus data centers por R$325 milhões à Piemonte Holding. (Imagem: Marcos Pinto/Reprodução)

Mas, para que a transação fosse feita, o Titan transferiu R$250 milhões à vista. No entanto, os R$75 milhões remanescentes serão pagos em parcelas.

Já a venda dos ativos foi realizada em 26 de novembro de 2020. Então, o valor pago de R$325 milhões vai complementar a atuação da empresa Elea Digital, controlada pela Piemonte. Entretanto, até sexta-feira (12), a empresa tinha presença em Brasília e era responsável pela administração de uma carteira com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Veja também: [+] Pacote Full Stack para Iniciantes em Programação.

Portanto, agora com a nova aquisição, a Piemonte ganhará capilaridade. E os data centers da Oi, transferidos para o grupo, agora ficam em Brasília, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba.

O fundador do fundo, Alessandro Lombardi, disse em uma entrevista, em janeiro, que os planos para 2021 seriam antecipados e de crescimento por aquisição. Desde então, o grupo previa um aporte de R$100 milhões para fazer upgrade dos data centers arrematados da Oi. Além de mais R$300 milhões para realizar compras futuras.

Oi vence mais uma etapa

Para a Oi, a conclusão da venda de seus data centers faz parte de mais uma fase da recuperação judicial do conglomerado de telecomunicações. Por isso, a companhia está enxugando sua estrutura, além de desfazer-se de ativos tidos como “não-estratégicos” para a empresa. O objetivo da Oi, portanto, é se tornar, futuramente, a maior provedora de infraestrutura de telecomunicações do país.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

Em janeiro, a Oi também se desfez de suas torres móveis e vendeu para a Highline, empresa de infraestrutura, pelo fundo norte-americano Digital Colony. Depois disso, a companhia também realizou o leilão dos ativos da Oi Móvel para o consórcio formado por Claro, Tim e Vivo. Este negócio, inclusive, ainda está sendo avaliado pela Anatel e Cade


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *