WhatsApp dá detalhes do que acontecerá aos usuários que não concordarem com as novas alterações na política de privacidade. Entenda - Programadores Brasil
Whatsapp

WhatsApp dá detalhes do que acontecerá aos usuários que não concordarem com as novas alterações na política de privacidade. Entenda

2 Mins read

O WhatsApp enviou novo aviso sobre sua política de privacidade e estendeu o prazo até 15 de maio para que os usuários atualizem seus termos no mensageiro. Caso o pedido não seja atendido, o aplicativo continuará recebendo chamadas e notificações. Mas, as mensagens ficarão bloqueadas, tanto para ler quanto para enviar.

Veja também: [+] Os melhores Smartphones com super desconto na Amazon. Clique e confira.

WhatsApp detalha o que acontecerá aos usuários que não concordarem com nova política de privacidade. (Imagem: WhatsApp)

O app, que pertence ao Facebook, informou que pedirá aos poucos que os usuários cumpram os novos termos para continuarem com a funcionalidade total do WhatsApp, após 15 de maio. A nota, publicada em sua página de perguntas e respostas, ainda afirma que não voltará mais atrás com seu plano de atualizações. No entanto, a política de uso do WhatsApp para usuários inativos costuma excluir as contas após 120 dias de inatividade.

“O WhatsApp não apagará sua conta, mesmo se você não aceitar a atualização dos Termos de Serviço até essa data. No entanto, você não poderá usar alguns recursos do WhatsApp até aceitar essa atualização. Por um curto período, você ainda poderá receber chamadas e notificações. Mas, não poderá ler nem enviar mensagens pelo app”, disse a nota.

Veja também: [+] Iphones de diversos modelos com super desconto na Amazon.

Alguns usuários reagiram negativamente aos novos termos de atualização do serviço de mensagens instantâneas. A Índia, por exemplo, foi uma delas. Em janeiro, os usuários receberam um primeiro alerta no aplicativo dizendo que eles tinham até 8 de fevereiro para concordar com os termos de privacidade. Isso, caso desejassem continuar usando o WhatsApp.

Polêmica Antiga

Desde 2016, a política de privacidade do WhatsApp vêm sofrendo alterações ao conceder permissão para compartilhar alguns metadados com o Facebook. Mas, com os novos termos, a política de privacidade permitirá que ambas redes sociais compartilhem dados de pagamento e transações. O objetivo é ajudá-los a direcionar melhor os anúncios, principalmente, para quem utiliza conta comercial. Portanto, essa atualização ocorre à medida que o gigante social amplia suas ofertas de e-commerce e busca unir suas plataformas de mensagens.

Veja também: [+] Smartphones da Samsung a partir de R$ 688,00 na Amazon.

Com mais de 2 bilhões de usuários ativos, o WhatsApp então teve que atrasar a aplicação da nova política em três meses devido a polêmica gerada com o assunto. Até lá, o objetivo do app é continuar explicando e incentivando os usuários a aceitarem os termos para continuarem utilizando o serviço de mensagem.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dificuldade para Aprender a Programar ?
Receba Livros, Cursos grátis, Artigos e Vídeo Aulas DE PROGRAMAÇÃO diariamente para você se aperfeiçoar na Programação.
E-mail:
Nome: