Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás, desliga sistemas durante ataque hacker. Entenda - Programadores Brasil
Segurança Digital

Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás, desliga sistemas durante ataque hacker. Entenda

1 Mins read
A Eletronuclear, que gerencia usinas nucleares para a Eletrobrás em Angra dos Reis, sofreu um ataque hacker esta semana. A empresa afirmou que situação já está sobre controle e que incidente não causou danos diretos aos sistemas. Entenda.
A Eletronuclear, subsidiária que administra as usinas nucleares da empresa estatal Eletrobrás em Angra dos Reis (RJ) sofreu um ataque hacker durante a última semana.

A Eletronuclear, subsidiária que administra as usinas nucleares da empresa estatal Eletrobrás em Angra dos Reis (RJ) sofreu um ataque hacker durante a última semana.

Veja também: [+] Curso completo de Python do Zero ao Avançado.

De acordo com um comunicado da empresa, o incidente se tratou de um ataque ransomware. A saber, malwares do tipo costumam sequestrar dados importantes de sistemas para cobrar uma taxa de resgate.

A invasão é especialmente preocupante se tratando de uma instituição que gerencia usinas nucleares. Por isso, a empresa precisou suspender temporariamente alguns de seus sistemas.

Mas, ainda segundo a Eletronuclear, os problemas afetaram apenas algumas de suas redes administrativas e não causaram danos diretos. Assim, a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA) e as usinas nucleares de Angra 1 e Angra 2 mantiveram suas operações normalmente.

Além disso, também não houve necessidade de interrupção no fornecimento de energia para o Sistema Interligado Nacional.

Veja também: [+] Curso completo de Python do Zero ao Avançado.

A Eletronuclear informou que suas equipes “contiveram e erradicaram os efeitos do ataque e, assim, o vírus foi isolado, e uma minuciosa verificação dos ativos segue em andamento”.

Ainda assim, o ataque foi reportado para os Centro de Tratamento e Resposta a Incidentes Cibernéticos de Governo (CTIR.Gov) e Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (SIPRON).


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *