NASA transmite ao vivo retorno da cápsula Dragon, da SpaceX, à Terra. Saiba mais - Programadores Brasil
Ciência

NASA transmite ao vivo retorno da cápsula Dragon, da SpaceX, à Terra. Saiba mais

2 Mins read

A Nasa TV transmitiu, ao vivo, a saída da SpaceX da Estação Espacial Internacional (ISS). A cápsula Dragon CRS-21 deixou o espaço na manhã desta segunda-feira (11), às 10h25 (horário de Brasília). Ela estava acoplada à ISS desde o dia 6 de dezembro.

No entanto, a Dragon retorna intacta, ao contrário da sua concorrente Cygnus, do Northrop Grumman. Com pouso no oceano, a cápsula utiliza o auxílio de para-quedas. Os astronautas retornam à Terra com amostras biológicas e resultados de experimentos conduzidos a bordo da ISS.

Veja também: [+] Curso completo de Desenvolvimento de Games

NASA faz transmissão ao vivo do retorno da cápsula Dragon, da SpaceX, à Terra. (Imagem: NASA)

Missão pioneira

Uma missão pioneira para a Space X e para a Nasa, a CRS-21 fez o primeiro voo de uma Dragon atualizada, com 20% mais espaço para carga a bordo e um sistema que permite acoplamento automático à ISS. Antes, a espaçonave tinha que manobrar até um ponto próximo e era capturada por astronautas na estação. Para isso, eles usavam um braço robótico chamado Canadarm2.

Esta também foi a primeira vez que a ISS abrigou duas Dragon ao mesmo tempo. A Crew Dragon foi lançada pela SpaceX em novembro para transportar os astronautas da missão Crew-1. Ela está acoplada à mesma estação, mas permanece por lá por pelo menos mais três meses.

Natal no espaço

A CRS-21 decolou em dezembro e aproveitou para levar a Ceia de Natal dos astronautas. O menu incluía batatas gratinadas, peru assado, macarrão com queijo, biscoitos e capuccino de baunilha.

Já sobre o local de pouso, a Dragon pousará desta vez no Atlântico Norte. Anteriormente, as Dragon pousavam no Oceano Pacífico. Com esta mudança de itinerário, a CRS-21 entregará suas amostras e experimentos aos cientistas em tempo recorde, apenas quatro horas após o pouso.

Veja também: [+] Compre seu Lego Jurassic World para PC com super desconto na Amazon.

NASA mostra o diagrama das espaçonaves acopladas à ISS. (Imagem: Nasa)

Mais missões à vista

A Nasa tem contrato com a SpaceX para mais seis missões de transporte de caga à ISS, com a próxima cápsula, a CRS-22, programada para maio. A empresa também tem contrato para mais cinco missões de transporte de astronautas como parte do Commercial Crew Program.

Em março, os astronautas norte-americanos Shane Kimbrough e Megan McArthur, além do japonês Akihiko Hoshide e o francês Thomas Pesquet irão decolar na Crew-2. A cápsula usada para transportá-los será a Endeavour, que também levou os astronautas Bon Behnken e Doug Hurley na missão histórica Demo-2, que aconteceu em maio de 2020.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo

Cientistas tentam descobrir se sinal de rádio vindo do centro da Via Láctea trata-se apenas de fenômeno desconhecido ou se é alguma civilização alienígena. Saiba mais

SpaceX divulga primeira imagem da órbita registrada pela nave da missão Inspiration4. Veja

Foguete da SpaceX realiza voo orbital, levando quatro civis ao espaço. Saiba mais

Reino Unida inaugura centro de pesquisa dedicado a lixo espacial. Entenda os detalhes

Projetista-chefe de foguetes chineses divulga plano para acelerar envio de missões tripuladas do país à Lua. Entenda

No Japão, cientistas usam células-tronco de vacas Wagyu para produzir carne 3D. Entenda

Pesquisadores testam efeitos da Covid-19 em morcegos e vídeo registra como o vírus destrói as células do cérebro. Assista

Cientistas testam “Pâncreas artificial” para controlar diabetes em pacientes e concluem eficácia do equipamento inteligente. Entenda 

Dados registrados em smartwatch Fitbit são utilizados em pesquisa sobre sequelas provocadas pela Covid-19. Entenda

Amazônia 1 passa por testes e satélite é aprovado para entrar em operação, anuncia AEB. Confira