Microsoft impede usuário de desabilitar o Windows Defender. Entenda. - Programadores Brasil
Utilitários

Em nova atualização, Microsoft impede usuário de desabilitar antivírus Windows Defender. Entenda.

1 Minutos de Leitura
A atualização foi introduzida no Windows 10 e impossibilita o usuário desativar o Windows Defender.
A atualização foi introduzida no Windows 10, e impossibilita o usuário desativar o Windows Defender.
A atualização foi introduzida no Windows 10 e impossibilita o usuário desativar o Windows Defender.

Uma recente atualização do Windows Defender, o antivírus nativo do Windows 10, passou a impossibilitar o usuário de desativá-lo.

Contudo, com a nova atualização, a Microsoft removeu uma chave de registro do sistema operacional, que podia permitir a desativação manual do recurso.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

Windows Defender

Entretanto, apesar da mudança, vale ressaltar que o Windows Defender Antivírus possui um bom desempenho, e tem capacidade de proteger o sistema de possíveis ataques de vírus, malwares ou até tentativas de ransomwares.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

A nova medida foi introduzida no Windows 10 através da atualização 4.18.2007.8, de agosto de 2020, e estará ativa por padrão daqui por diante.

Windows Defender possui um bom desempenho contra ataques de vírus.
Windows Defender possui um bom desempenho contra ataques de vírus.

Contudo, a atualização removeu a chave de registro “DisableAntiSpyware“, que quando acessada pelo usuário pelo Editor de Registro do Windows 10, permitia que o Windows Defender fosse completamente desligado.

A Microsoft se justificou alegando que a opção de desligar o Defender através da chave “DisableAntiSpyware” é um recurso voltado apenas para profissionais de TI e OEMs, com o objetivo de rodar um outro software antivírus para testes e outros fins, e que o usuário nunca deveria ter esse acesso.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

Entretanto, a empresa destacou que o Defender continua se desligando automaticamente caso detecte a presença de um outro antivírus no computador.

Contudo, ainda é possível desligar Windows Defender através do aplicativo Segurança do Windows, das Diretivas de Grupo ou com programas de terceiros, mas todas essas opções são temporárias. Após algum tempo, o Defender volta a funcionar.


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *