Debian e Ubuntu resolvem falha de inicialização do GRUB 2. Entenda. - Programadores Brasil
Linux

Após atualização mal sucedida, Debian e Ubuntu resolvem falha de inicialização do GRUB 2. Entenda.

1 Minutos de Leitura
Após atualização que corrigiria a falha no Boothole, usuários relataram problemas com a inicialização do Grub 2. Debian e Ubuntu trabalharam para solucionar os problemas completamente.
No final de Julho, o Programadores Brasil abordou as nuances da falha Boothole causada pelo Grub nas distribuições Linux. Porém, agora trazemos até você a boa notícia de que o Projeto Debian e a Canonical já soltaram atualizações para corrigir a falha de inicialização.

No final de Julho, o Programadores Brasil abordou as nuances da falha Boothole causada pelo Grub nas distribuições Linux. Na tentativa de correção da falha, a atualização acabou gerando mais problemas, agora de falha de inicialização do GRUB 2.

Veja também: [+] Compre seu celular Huawei na Amazon a partir de R$899,00.

A princípio, a falha de inicialização do Grub 2 foi causada em uma tentativa de correção de outra vulnerabilidade do sistema – no Boothole. Como explicamos anteriormente aqui no site, a falha Boothole no GRUB 2 possibilitava um invasor plantar um malware conhecido como bootkit, que é carregado antes do sistema operacional (SO).

Assim, a atualização que deveria corrigir uma falha grave, terminou por causar outra tão inoportuna quanto.

No entanto, já há correção para esse erro também. A correção da falha veio primeiramente através do Projeto Debian que instruiu aos usuários atualizarem seus sistemas para a versão 2.02 do grub2 + dfsg1-20 + deb10u2.

Depois disto, no dia de hoje a Canonical também lançou novas versões do GRUB 2 para corrigir a falha de inicialização. Assim, as versões Ubuntu 20.04 LTS, Ubuntu 18.04 LTS, Ubuntu 16.04 LTS e Ubuntu 14.04 ESM puderam receber o devido suporte.

Veja também: [+] Compre seu celular Huawei na Amazon a partir de R$899,00.

Porém, a Canonical declara que somente essas atualizações não serão suficientes para mitigar o problema. Portanto, os usuários também devem aplicar uma lista de revogação UEFI (dbx) no firmware do sistema, que será fornecida a todos os usuários do Ubuntu posteriormente.

Para mais informações de como resolver completamente o problema, consulte aqui um artigo de suporte. E para saber mais sobre a falha Boothole consulte aqui a nossa matéria completa sobre o assunto.


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *