Linux não terá mais termos considerados racistas em seu kernel
Linux

Linux não terá mais termos considerados racistas em seu kernel. Entenda.

1 Minutos de Leitura
Linus Torvalds, aprovou ação que tem como objetivo acabar com termos racistas no Linux.
Linus Torvalds, principal engenheiro responsável pelo kernel do Linux.

Na última sexta-feira (10), foi aprovado um novo vocabulário para o código do sistema operacional do Linux. A ação tem como objetivo acabar com termos racistas no Linux, e foi aprovado pelo Linus Torvalds, principal engenheiro responsável pelo kernel do Linux.

Veja também: [+] Livros de Linux para Iniciantes com super desconto na Amazon.

Portanto, a partir de agora os desenvolvedores devem utilizar novos termos para a combinação master/slave (mestre/escravo) e blacklist/whitelist (lista negra/lista branca).

Termos racistas no Linux

Geralmente, os termos master/slave são utilizados no hardware, arquitetura e códigos para se referir a um dispositivo, base de dados ou processo que controla outro. Já blacklist/whitelist tem como objetivo criar listas de exceção, de bloqueio ou permissão, respectivamente.

Entretanto, outras alternativas para a substituição dos termos foram propostas.

A princípio, a Linux não recomendou um termo específico, mas orientou os desenvolvedores escolherem de acordo com o que fosse mais adequado. A nova nomenclatura será utilizada para novos código-fontes escritos para o kernel do Linux e para a documentação associada.

Veja também: [+] Livros de Linux para Iniciantes com super desconto na Amazon.

Confira abaixo a lista.

Para master/slave foram:

  • primary/secondary
  • main/replica or subordinate
  • initiator/target
  • requester/responder
  • controller/device
  • host/worker or proxy
  • leader/follower
  • director/performer

Já para blacklist/whitelist são menos opções:

  • denylist/allowlist
  • blocklist/passlist

Portanto, os termos antigos só serão permitidos para manter códigos mais antigos e sua documentação.

A inciativa para tais mudanças, vieram após a onda de protestos antirracistas nos Estados Unidos devido à morte de George Floyd.

Porém, há alguns anos os desenvolvedores já questionavam problemas relacionados com o uso de uma linguagem retrógrada. Mas somente agora, o assunto está sendo discutido e colocado em prática.


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


18 comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias