A chuva de meteoros Delta Aquáridas é vista anualmente, e ocorre quando a Terra cruza a órbita dos cometas Marsden e Kracht, encontrando seus detritos.
Ciência

Chuva de meteoros Aquáridas é vista no Brasil. Confira.

2 Minutos de Leitura
A chuva de meteoros Delta Aquáridas é vista anualmente, e ocorre quando a Terra cruza a órbita dos cometas Marsden e Kracht, encontrando seus detritos.
A chuva de meteoros Delta Aquáridas é vista anualmente, e ocorre quando a Terra cruza a órbita dos cometas Marsden e Kracht, encontrando seus detritos.

Na última semana, os brasileiros foram presenteados com a passagem do cometa Neowise. Agora, nesta última madrugada de terça-feira (28) para quarta-feira (29), foi possível visualizar a chuva de meteoros Delta Aquáridas Austrais no céu brasileiro.

Ainda de acordo com o calendário de eventos astronômicos, o fenômeno é resultado de partículas dos cometas Marsden e Kracht, iniciado em 12 de julho, e poderá ser visto novamente esta noite.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

Chuva de meteoros Aquáridas

De acordo com o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), os cometas são constituídos de gelos de diferentes substâncias e grãos de poeira. Quando eles se aproximam do sol, aumentam a temperatura da sua superfície e parte do seu material,”evapora”.

A chuva de meteoros acontece quando a órbita da Terra intercepta a órbita de alguns cometas. Com isso, grãos de poeira são atraídos pela força gravitacional da Terra e penetrarão na alta atmosfera, quase todos ao mesmo tempo.

O cometa 96P/Machholz registrado pelo satélite STEREO, da NASA (Imagem: NASA)
O cometa 96P/Machholz registrado pelo satélite STEREO, da NASA (Imagem: NASA)

Entretanto, sempre que nosso planeta passa pelo ponto da trajetória orbital, nossa gravidade atrai alguns desses detritos, que caem em nossa atmosfera e evaporam antes de atingirem a superfície.

A chuva de meteoros Delta Aquáridas é vista anualmente, e já estava prevista no calendário astronômico. Ela ocorre quando a Terra cruza a órbita dos cometas Marsden e Kracht, encontrando seus detritos. O fenômeno começou no dia 12 de julho e vai até 23 de agosto, com ápice entre os dias 28 e 29 deste mês.

Como o nome sugere, seu radiante fica na constelação de Aquário, mais precisamente na estrela Delta Aquarii, e começa a surgir e ficar visível ao leste, onde nasce o sol.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

Visualizando Delta Aquáridas a olho nu.

Esse ano, durante o fenômeno, a lua estará na fase crescente. Isso significa que ela estará refletindo mais brilho, dificultando a observação a olho nu nas primeiras horas da madrugada. A observação fica melhor mais próximo do amanhecer, já sem interferência lunar.

Veja também: [+] Aprenda tudo sobre o Prompt de Comando nos cursos a partir de R$29,90 na Udemy. Clique e Confira.

Contudo, é importante também estar livre da poluição luminosa, ou seja, afastado dos centros urbanos, onde a concentração de luzes acaba atrapalhando a visualização de objetos celestes.

A previsão é de que essa chuva possa produzir cerca de 25 meteoros por hora com velocidade estimada de 41 km por segundo.


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias