NVIDIA DGX: Conheça o sistema de IA para combater a Covid-19
Ciência

NVIDIA DGX: Conheça o sistema de IA para combater a Covid-19

5 Minutos de Leitura
NVIDIA DGX: Conheça o sistema de IA para combater a Covid-19

A NVIDIA Enterprise revela NVIDIA DGX A100, a terceira geração do sistema de IA mais avançado do mundo, fornecendo 5 petaflops de desempenho de IA e consolidando o poder e os recursos de um data center inteiro em uma única plataforma flexível pela primeira vez.

Disponíveis imediatamente, os sistemas DGX A100 começaram ser entregues no mundo todo, com o primeiro pedido para o Laboratório Nacional de Argonne, do Departamento de Energia dos EUA (DOE, U.S. Department of Energy), que usará a IA e a potência computacional do cluster para melhor compreender e combater a Covid-19.

“A NVIDIA DGX A100 é o melhor instrumento projetado para IA”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA.

“NVIDIA DGX é o primeiro sistema de IA criado para o fluxo de trabalho de machine learning de ponta a ponta – da análise de dados ao treinamento e à inferência. E com o enorme salto de desempenho do novo DGX, os engenheiros de machine learning podem ficar à frente do tamanho exponencialmente crescente dos modelos e dados de IA.”

Os sistemas DGX A100 integram oito das novas GPUs de Tensor Cores NVIDIA® A100, fornecendo 320 GB de memória para treinar os maiores conjuntos de dados de IA e as mais atuais interconexões NVIDIA Mellanox® HDR 200Gbps de alta velocidade.

Várias cargas de trabalho menores podem ser aceleradas ao particionar a DGX A100 em até 56 instâncias por sistema, usando o recurso de GPU de instâncias múltiplas da A100.

A combinação desses recursos permite que as empresas otimizem a potência e os recursos de computação sob demanda para acelerar diversas cargas de trabalho, incluindo análise de dados, treinamento e inferência, em uma única plataforma definida por software.

“As pesquisas brasileiras poderão se beneficiar muito desse sistema para otimizar o tempo dos cientistas e pesquisadores em busca de uma vacina para a Covid-19 ou até outras doenças, como Dengue e Zika”, explica Mario Aguiar, gerente sênior da NVIDIA Enterprise para América Latina.

Adoção e suporte imediatos da Nvidia DGX A100

Várias das maiores empresas, provedores de serviços e agências governamentais do mundo fizeram pedidos iniciais para a DGX A100, com os primeiros sistemas sendo entregues ao Argonne no início deste mês.

“Estamos usando os supercomputadores mais potentes da América no combate contra a Covid-19, executando modelos de IA e simulações com a tecnologia mais atual disponível, como a NVIDIA DGX A100”, afirma Rick Stevens, diretor associado para computação, ambiente e ciências biomédicas do laboratório Argonne.

“A potência computacional da nova DGX A100 que chega ao Argonne ajudará os pesquisadores a explorar tratamentos, vacinas e estudar a disseminação do vírus, permitindo que os cientistas façam anos de trabalho acelerado por IA em meses ou dias.”, continua.

A Universidade da Flórida é a primeira instituição de ensino superior nos Estados Unidos a receber o sistema DGX A100, que será implantado para infundir a IA em todo o currículo, a fim de promover uma força de trabalho habilitada para IA.

“A Universidade da Flórida tem a visão de ser líder nacional em inteligência artificial, e a NVIDIA é uma parceira incrivelmente valiosa em nossa missão”, conta o presidente da Universidade da Flórida, Kent Fuchs. “Em todas as disciplinas, nossos novos sistemas NVIDIA DGX A100 posicionarão nossos pesquisadores para resolver alguns dos desafios mais urgentes do mundo e equipar toda uma geração de estudantes com as habilidades que revolucionarão a força de trabalho futura.”

[+] Filtro do TikTok transforma texto em imagem por meio de IA. Confira

NVIDIA desenvolve a próxima geração do DGX SuperPOD de 700 petaflops

NVIDIA desenvolve a próxima geração do DGX SuperPOD de 700 petaflops

A NVIDIA Enterprise também revela seu DGX SuperPOD de última geração, um cluster de 140 sistemas DGX A100 capaz de alcançar 700 petaflops de potência de computação de IA.

Combinando 140 sistemas DGX A100 com interconexões NVIDIA Mellanox HDR 200Gbps InfiniBand, a NVIDIA desenvolveu seu próprio supercomputador de última geração DGX SuperPOD de IA para pesquisas internas em áreas como IA de conversação, genômica e condução autônoma.

O cluster é um dos supercomputadores de IA mais rápidos do mundo, alcançando um nível de desempenho que antes exigia milhares de servidores.

A arquitetura e o desempenho empresariais do DGX A100 permitiram que a NVIDIA construísse o sistema em apenas um mês, em vez de levar meses ou anos de planejamento e aquisição de componentes especializados necessários anteriormente para oferecer esses recursos de supercomputação.

Para ajudar os clientes a criarem seus próprios data centers com tecnologia A100, a NVIDIA lançou uma nova arquitetura de referência DGX SuperPOD. Ela oferece aos clientes um esquema que segue os mesmos princípios de design e as práticas recomendadas que a NVIDIA usou para construir seu cluster de supercomputação de IA baseado na DGX A100.

Especificações técnicas da DGX A100

Oito GPUs de Tensor Core NVIDIA A100, oferecendo cinco petaflops de potência de IA, com 320 GB em memória total de GPU com 12,4 TB por segundo de largura de banda.

Seis estruturas de interconexão NVIDIA NVSwitch™ com uma tecnologia NVIDIA NVLink® de terceira geração para 4,8 TB por segundo de largura de banda bidirecional.

Nove interfaces de rede NVIDIA Mellanox ConnectX-6 HDR de 200 GB por segundo, oferecendo um total de 3,6 TB por segundo de largura de banda bidirecional.

Aproveita a computação em rede e os mecanismos de aceleração de rede da Mellanox, como RDMA, GPUDirect® e escalas de protocolos de redução e agregação hierárquicas dimensionáveis (SHARP)™ para possibilitar o mais alto desempenho e dimensionamento.

Armazenamento interno de 15TB Gen4 NVMe, que é duas vezes mais rápido que os SSDs Gen3 NVMe.

Com a tecnologia de software NVIDIA DGX, que inclui software otimizado para cargas de trabalho de IA e ciência de dados, o que proporciona um desempenho maximizado, permitindo que as empresas obtenham um retorno mais rápido sobre seus investimentos em infraestrutura de IA.

Um único rack de cinco sistemas DGX A100 substitui um data center da infraestrutura de treinamento e inferência de IA, com 1/20 avos de energia consumida, 1/25 avos de espaço e 1/11 avos do custo.

Disponibilidade

Os sistemas NVIDIA DGX A100 estão disponíveis para encomenda no ecossistema de revendedores da NVIDIApreço sob consulta. Os fornecedores de tecnologia DDN Storage, Dell Technologies, IBM, NetApp, Pure Storage e Vast planejam integrar a DGX A100 às suas ofertas com base nas arquiteturas de referência de DGX POD e DGX SuperPOD da NVIDIA.

Parceiros de data center NVIDIA DGX-Ready oferecem serviços de colocação em mais de 122 locais em 26 países a fim de ajudar os clientes a buscar recursos econômicos para hospedar sua infraestrutura DGX.

Os clientes DGX A100 poderão aproveitar esses serviços para alojar e acessar a infraestrutura DGX A100 em instalações de data centers validadas e de classe mundial.

Outras informações, incluindo especificações técnicas detalhadas e detalhes sobre pedidos, estão disponíveis em NVIDIA DGX A100 (CLIQUE AQUI).

[crp]


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias